10/09/2014 10h48 – Atualizado em 10/09/2014 10h48

Graziel Nunes Vilalba, de 24 anos, foragido da justiça, mentiu o nome no hospital após ser baleado no último domingo (7). Ele é acusado de ter assassinado um adolescente de 14 anos, no último dia 17 de agosto em Dourados

Da Redação

Graziel Nunes Vilalba, de 24 anos, foragido da justiça, mentiu o nome no hospital após ser baleado no último domingo (7). A farsa foi descoberta somente nesta terça-feira (9). Ele é acusado de ter assassinado um adolescente de 14 anos, no último dia 17 de agosto, num acampamento no Jardim Climax, em Dourados.

Após levar dois tiros no braço, Graziel foi socorrido por amigos. Com a descoberta do nome falso, a polícia foi acionada e o reconheceu no hospital.

O adolescente foi alvejado por disparos de arma de fogo quando estava na casa onde morava, no acampamento Estrela Guassu, região do Jardim Clímax.

(*)Com informação de Campo Grande News

Comentários