(*) Avelino Neto

Mesmo com quase 50 minutos de tentativa de reanimação por socorristas do Corpo de Bombeiros e equipe Avançada do SAMU, um homem morreu aparentemente vítima de parada cardíaca. O incidente ocorreu agora pouco em um dos quartos do Motel Halley, na rua Manoel Joaquim de Moraes, no Jardim Leblon, em Campo Grande.

Socorristas foram acionados pela acompanhante da vítima, inclusive relatando que não sabia se ele estava vivo ou morto. Para funcionários do motel, ela disse que faziam sexo normalmente quando o acompanhante passou mal.

Com a constatação da morte, Polícia Civil e Perícia estão sendo acionadas para levantamentos e identificação da vitima e sua idade. O caso será apurado pela Delegacia da área, a 6ª DP.

Comentários