06/02/2019 09h05

Os familiares suspeitaram do homem quando a menina disse sentir dores na vagina e afirmou que o pai havia tocado no local.

Gisele Berto

A Delegacia de Atendimento à Mulher de Três Lagoas efetuou na última sexta-feira, dia 1 de fevereiro, a prisão preventiva de um homem suspeito de ter estuprado a filha de dois anos.

Os familiares suspeitaram do homem quando a menina disse sentir dores na vagina e afirmou que o pai havia tocado no local.

Além disso, os familiares afirmam que a menina começou a praticar comportamentos anormais para a idade, como a auto-estimulação das partes íntimas.

O caso está sendo apurado na Delegacia de Atendimento à Mulher e corre sob segredo de justiça.

Foto: Divulgação DAM

Comentários