Mulher de 72 anos, que era mãe de um traficante já preso, guardava droga e dinheiro em casa

A Polícia de Três Lagoas prendeu ontem, 22, no bairro Vila Nova, uma senhora de 72 anos acusada de tráfico de drogas. A mulher era mãe de um dos membros de uma quadrilha desmantelada na cidade há poucos dias.

Com a prisão do filho, os policiais tomaram conhecimento de que a idosa estaria guardando droga e dinheiro. Mesmo com o filho encarcerado, o entorpecente continuava sendo vendido.

Caixa de sapato estava dentro de um cesto de roupas. Foto: SIG

A mulher confessou à polícia onde estava a droga: dentro de uma caixa de sapato, envolta numa sacola e devidamente amarrada, escondida dentre as roupas, num cesto de roupas no quarto dela. Lá a polícia encontrou cinco tabletes de maconha prensada, além de uma pacote de maconha do tipo “Skank”, embalada a vácuo. A maconha pesou cerca de três quilos e o skank, cerca de 240g.

A mulher disse à polícia que aquilo era tudo e que não havia mais nada na casa. Mas não era bem assim… Após busca no imóvel a polícia encontrou mais três porções de maconha, uma balança de precisão e um caderno com anotações referente a integrantes de uma facção criminosa.

Num maleiro também foi localizado uma bolsa pequena que continha R$ 6 mil em moeda corrente, dinheiro esse que a idosa não sabia sequer a quantia exata e não soube dar explicações convincentes sobre a origem, o que indica se tratar de dinheiro da venda de drogas.

Em vista do constatado, a mulher foi conduzida à sede do SIG, onde foi autuada em flagrante delito por crime de tráfico e associação ao tráfico de entorpecentes e depois encaminhada ao presídio feminino à disposição da Justiça.

Comentários