29/04/2016 08h47 – Atualizado em 29/04/2016 08h47

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, participou, na noite desta quinta-feira (28/04), no salão de convenções do Hotel Druds Express, em Três Lagoas (MS), da entrega de certificados do PQF Avançado para 34 empresas fornecedoras, sendo 25 certificações e 9 recertificações

Assessoria

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, participou, na noite desta quinta-feira (28/04), no salão de convenções do Hotel Druds Express, em Três Lagoas (MS), da entrega de certificados do PQF Avançado para 34 empresas fornecedoras, sendo 25 certificações e 9 recertificações. Ao discursar para uma plateia composta por mais de 250 empresários do município, ele ressaltou que o Sistema Fiems realizou os investimentos necessários para que as indústrias da região se consolidassem, permitindo fortalecimento com o aumento da competitividade.

deixando uma mensagem de otimismo para os empresários três-lagoenses de que, apesar do atual cenário de crise, os investimentos vão ser retomados e a economia estadual vai voltar a crescer, gerando mais empregos e melhores rendas.

Ainda durante a cerimônia de certificação da 7ª turma de fornecedores (5ª turma do módulo avançado), o superintendente do IEL, José Fernando do Amaral, lançou a 8ª turma (6ª turma do módulo avançado – Implementação do SGQF), prevista para iniciar em maio deste ano. “O Programa representa o compromisso do Sistema Fiems com o desenvolvimento regional. O País precisa que a indústria seja competitiva e, mais o que nunca, se fazem necessárias empresas qualificadas. O PQF é, sem dúvida, um Programa diferenciado”, declarou.

O superintendente do Sebrae/MS, Cláudio Mendonça, parabenizou os empresários e disse que acredita que o trabalho é a melhor forma de desenvolver o País. “Como empresário acredito muito que é só qualificando que teremos uma sociedade melhor, trabalhando, criando emprego e gerando renda, temos que ter coragem para acreditar que é possível fazer diferente e melhor a cada dia”, afirmou.

Empresas-âncoras

O coordenador geral do PQF, Paulo Edson Martins Vieira, destacou o avanço das empresas que, apesar da crise no país, abraçaram a causa e hoje celebram a certificação.

Já o gerente industrial da Sitrel, Rafael Latini França, disse que o PQF contribui para o desenvolvimento e também para a competitividade. “Esse programa não é importante só para prestar serviço para as empresas âncoras, ele prepara as empresas para o mercado como um todo e até internacionalmente. A cada ano o número de fornecedores locais aumenta, em 2015 já superou em 50% e esses serviços prestados contribuem para geração de emprego e geração de renda, o desenvolvimento da cidade como um todo”, falou.

Para o gerente de produção da Fibria, Alexandre Figueiredo, fornecedores competentes e qualificados são necessários para a realização de negócios. “A Fibria é uma entusiasta desse programa, participando já há seis anos. Este é um ano muito especial para nós, porque as obras do Projeto Horizonte 2 estão a todo vapor, um dos maiores projetos privados do país e esse programa tem grande importância para a competitividade da indústria”, pontuou.

A prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, destacou o progresso e a valorização das indústrias por meio do PQF.

Fornecedores

Na avaliação de Jozeane Zanella Cassol, sócia-proprietária da Cassol Terraplanagem, o programa permitiu o avanço da empresa no domínio do processo de negócio. “O PQF mudou o cenário da empresa, principalmente, na documentação e controle e isso contribui para o nosso desenvolvimento”, comentou.

Para Ruy Luiz Faco Filho, da Solução Já Caçambas, o PQF contribuiu para que a empresa, até então familiar, crescesse. “Por meio do programa, conseguimos reorganizar a empresa e dar uma nova visão tanto na parte de qualificação como também na questão ambiental”, disse. Já Waine Martins, gerente da Melsan locação de máquinas e equipamentos, destacou que o PQF contribui para o desenvolvimento das empresas, tornando-as mais competitivas. “Acredito que o programa permitiu maior organização financeira, de manutenção e despesas, além de melhorar a comunicação interna e externa”, afirmou.

Com a conclusão dessa turma, o IEL consolida aproximadamente 19 mil horas de trabalhos em empresas da região. Ao todo foram mais R$ 400 milhões gerados dentro do PQF em relações entre âncoras e fornecedores, sendo que o Instituto certificou 128 empresas desde 2008 e formou mais de 200 pessoas em auditoria de Sistema de Gestão da Qualidade, auxiliando na geração de empregos por meio do desenvolvimento das empresas.

O PQF busca promover a competitividade de cadeias produtivas, incentivando a interação entre empresas de grande e médio porte, que são compradoras ou âncoras, e seus fornecedores. Os serviços oferecidos pelo PQF qualificam os fornecedores nas áreas de qualidade, meio ambiente, segurança e saúde no trabalho, responsabilidade social empresarial, produção, gestão estratégica, comercial e financeira.

(*) Assessoria de Comunicação da FIEMS

IEL entrega certificados do PQF Avançado e lança 8ª turma do Programa. (Foto: Assessoria)

Comentários