Decisão acata recomendação de comissão institucional responsável por medidas de prevenção ao coronavírus

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) decidiu na segunda-feira, 22, que a suspensão das atividades presenciais será prorrogada até 30 de julho. Com isso, os estudantes da instituição continuam tendo aulas em ambientes virtuais de ensino e servidores permanecem em home office até a próxima deliberação.

A decisão anterior, cuja vigência se encerra em junho, estendia a suspensão das atividades de ensino e administrativas presenciais até o final deste mês. A medida está sendo adotada desde março para garantir o isolamento social de estudantes e servidores durante a pandemia do coronavírus.

Desde o início das atividades não presenciais, a Comissão de Organização de Campanhas de Conscientização dos Riscos e Medidas de Prevenção contra o Coronavírus tem realizado reuniões para orientar a reitoria sobre as medidas a serem tomadas no enfrentamento à pandemia.

A nova decisão acata recomendação feita pela comissão, visando a continuidade da proteção à comunidade escolar.

Suspensão – Inicialmente, as atividades de ensino e administrativas presenciais foram suspensas em 18 de março.

No início de abril, os dez campi começaram a oferta de aulas em ambientes virtuais de ensino. Desde então, os professores têm postado os conteúdos das disciplinas no Ambiente Virtual de Ensino a Aprendizagem para que os estudantes façam as atividades em casa.

Além de podcasts com dicas de como lidar com o isolamento e o trabalho remoto, estão disponíveis as formas de contato e os horários de atendimento dos campi e da reitoria durante o período de atividades não presenciais.


Comentários