Medida visa manter estudantes e servidores em isolamento social, no intuito de reduzir os riscos de contágio. A previsão de retorno das atividades é 2 de abril, no entanto a situação será reavaliada periodicamente.

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) suspende a partir desta quarta-feira, 18, as atividades pedagógicas e administrativas presenciais nos dez campi e na reitoria. A medida vale, inicialmente, por 15 dias.

decisão da reitoria da foi tomada nessa segunda-feira, 16, após recomendação da Comissão de Organização de Campanhas para Conscientização dos Riscos e Medidas de Prevenção ao Coronavírus (Covid-19) do IFMS.

Formada pelos diretores-gerais dos dez campi, profissionais de saúde e demais gestores da instituição, a Comissão analisou a situação nos municípios sede e, por meio de votação, decidiu recomendar a suspensão das atividades.

A medida visa manter estudantes e servidores em isolamento social, no intuito de reduzir os riscos de contágio. A previsão de retorno das atividades é 2 de abril, no entanto a situação será reavaliada periodicamente.

“A decisão de suspender as atividades foi construída coletivamente, com a participação dos diretores-gerais, profissionais da saúde e demais servidores que compõem a comissão. Não foi uma decisão fácil, mas diante do quadro apresentado e a rapidez do contágio, optamos por proteger servidores, estudantes e familiares”, explica a reitora, Elaine Cassiano.

A partir de agora, serão discutidas formas de se preservar o calendário letivo. “Em parceria com os campi e pró-reitorias, vamos buscar soluções para evitar prejuízos ao processo de ensino aprendizagem. Construiremos alternativas para que as atividades letivas não sejam prejudicadas”, destaca Elaine.

As ações do Instituto Federal diante da pandemia, formas de prevenção à Covid-19, os documentos institucionais referentes à situação e outras informações estão disponíveis na página IFMS contra o coronavírus.

Reposição e home office – A decisão da reitoria prevê que a Diretoria de Gestão de Pessoas (Digep) emitirá um memorando-circular com as devidas instruções para a execução das atividades administrativas fora das dependências do IFMS, assegurando a preservação e o funcionamento de atividades consideradas essenciais ou estratégicas.

Sobre a reposição das atividades letivas, a Pró-Reitoria de Ensino (Proen) irá elaborar uma instrução específica para o trabalho docente. Estão sendo estudadas as alternativas mais viáveis, que podem abranger metodologias de ensino a distância, para diminuir possíveis prejuízos aos estudantes.

A Pró-Reitoria de Administração (Proad) também deverá elaborar uma instrução específica para as atividades dos funcionários terceirizados.

Comentários