30/05/2019 08h13

Levantamento realizado pela Fiems entre janeiro e abril mostra a cidade com 218 vagas negativas, enquanto o Estado teve saldo positivo de 2234 vagas

Gisele Berto

O encerramento das atividades da Mabel, em abril deste ano, colocou Três Lagoas na rabeira do ranking de empregos divulgado hoje, 30, pela Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (Fiems).

O levantamento mostra que, nesses quatro meses, as indústrias do Estado registraram saldo positivo de 2.234 postos de trabalho, resultado de 20.904 contratações e 18.670 demissões.

A cidade com o melhor saldo de empregos foi a capital, com +507 vagas de saldo. Naviraí (+385) e Aparecida do taboado (+357) vêm a seguir.

Três Lagoas aparece em último lugar na lista, com 218 vagas negativas. O resultado é reflexo do fechamento da Mabel, que também impactou no ranking de ramos industriais que mais fecharam vagas: a fabricação de biscoitos e bolachas ficou em primeiro lugar, com 291 vagas fechadas.

Por outro lado, a fabricação de álcool teve saldo positivo de 618 vagas, sendo o setor industrial com a melhor colocação no ranking.

Fábrica da Mabel fechou as portas no dia 15 de abril. Foto: Ricardo Ojeda

Comentários