23/04/2014 12h09 – Atualizado em 23/04/2014 12h09

Profissional será capacitado a identificar sinais físicos de agressão e mudança de comportamento dos alunos

Larissa Lima com Assessoria

Com o objetivo proteger o bem estar dos alunos, foi sugerido, durante a última sessão da Câmara, realizada ontem (22), a implantação de um novo profissional nas Escolas Municipais: o Observador.

De acordo com o vereador Nilo Candido (PDT), autor da sugestão, a função deste profissional seria observar sinais físicos de agressão, violência doméstica, maus tratos, abuso sexual e mudanças de comportamento dos alunos, durante o período letivo. Para isso, os ocupantes do cargo seriam capacitados através de cursos e técnicas especializadas ao ambiente escola.

“A escola é muito importante no enfrentamento dos mais variados tipos de violência contra crianças que sofrem ameaças e temem denunciar, suportando em silencio a submissão de sofrimento. O observador de alunos possibilitará que a escola conheça um a um de seus alunos e a partir daí, estaria apta a resolver possíveis problemas que dificultem o bom aproveitamento escolar e desenvolvimento”, justificou o vereador.

Um dos objetivos da sugestão do vereador é que a escola conheça cada aluno, podendo assim, resolver possíveis problemas (Foto: Assessoria)

Comentários