13/05/2016 09h27 – Atualizado em 13/05/2016 09h27

Recente pesquisa de intenção de voto divulgada pela imprensa demonstra muito equilíbrio entre os postulantes ao cargo de prefeito da Capital. Tudo, daqui pra frente, vai depender do convencimento de cada um deles na hora de ficar frente a frente com eleitor. Não vai ser uma tarefa das mais fáceis, pois o povão anda muito ressabiado com os políticos atualmente. Outro detalhe que pode interferir negativamente no rumo da campanha é uma eventual encrenca com a Justiça. Dizem que tem gente por aí que pode ser riscada da lista de candidatos se escândalo vier à tona antes das convenções.

CORDA BAMBA

Se os peemedebistas têm motivos de sobra para comemorar a ascensão de Michel Temer ao poder, por aqui a coisa não é bem assim depois que a operação ‘Fazendas de Lama’ mostrou o tamanho da corrupção dentro de gestão do partido. Com muita gente presa e outras tantas na mira da Justiça, o negócio é se virar como pode antes de pensar em fazer festa com a chegada da sigla ao poder central, a terceira em 30 anos e sem passar pelo crivo das urnas. O estrago ta feito e caberá ao eleitor promover a depuração necessária nas urnas. Renovação à vista.

RUIU

A votação no Senado deixou clara a intenção dos parlamentares de afastar definitivamente Dilma do comando do país. Dificilmente ela vai chegar à segunda votação, que tem prazo de até 180 dias para acontecer. Tudo indica que a presidente afastada renuncie ao mandato para não perder as regalias de ex-presidente. O desgaste político de mais de uma década, aliado à grave crise econômica, foi fundamental para se chegar a esse momento. Sem apoio no Congresso, Dilma sangrava dia após dia e relutou até agora. Seus próximos passos e do PT são incertos.

DESABAFO

Zeca do PT gostou do escândalo envolvendo o algoz André Puccinelli (PMDB), o ex-deputado federal Edson Giroto (PR) e pessoas ligadas ao peemedebista durante a Operação Lama Asfáltica, da Polícia Federal, que resultou na prisão de alguns. O contentamento do deputado petista foi publicado nas redes sociais como uma espécie de revanche. “Eu, que durante muito tempo fui vítima de calúnia torpe deste mesmo grupo, acusando-me de enriquecimento ilícito, sinto-me recompensando. “Que seja feita justiça. “Chama-me a atenção o silêncio das ruas. Onde estão os arautos da luta contra corrupção. Com certeza, envergonhados, porque muitos fazem parte do mesmo grupo, afinal não tinham outro objetivo a não ser promover o golpe contra a democracia”, disparou em sua página no facebook.

BOCA DE SIRI

Zeca também aproveitou o mesmo espaço para fazer outro tipo de provocação, desta vez ao Ministério Público Estadual, contra o qual promete entrar com uma representação. “Registro mais uma vez, minha indignação com a vergonhosa omissão do MPE-MS, que além de omisso, se esquiva do seu papel de investigar, por isso, estou mais uma vez denunciando o Ministério Público Estadual no Conselho Nacional. O MPE-MS nos envergonha, e não cumpre com seu papel constitucional”.

Comentários