13/10/2015 04h49 – Atualizado em 13/10/2015 04h49

Infarto fulminante mata médico cardiologista de Três Lagoas

O médico Reginaldo Floriano de 53 anos, morreu dormindo lado da esposa na cidade de São José do Rio Preto. Seu corpo está sendo velado na capela Cardassi e o sepultamento será às 10hs30 desta terça-feira

Ricardo Ojeda

O médico Cardiologista, Reginaldo Floriano, de 53 anos, faleceu na manhã de ontem, (segunda-feira) por volta das 6 horas da manhã em São José do Rio Preto. Reginaldo estava na cidade paulista em companhia da esposa Thais e da sogra acompanhando o restabelecimento do sogro, que sofreu uma intervenção cirúrgica.

De acordo com informações de familiares, o médico chegou a Rio Preto no sábado. No domingo, junto com a esposa foi almoçar no shopping da cidade. Horas mais tarde não teria se sentido bem, apresentando sintoma de ânsia de vômito. Após ser medicado foi deitar e na manhã de segunda-feira, por volta das 6 horas, sua esposa ao acordar notou algo estranho com sua aparência e quando percebeu que não havia mais sinais vitais no corpo do marido.

MORREU DORMINDO

Segundo informações, Reginaldo sofreu ataque cardíaco fulminante e morreu quando estava dormindo. O corpo passou por necropsia e liberado para ser transladado para Três Lagoas. Uma equipe da empresa funerária Cardassi de Araçatuba transportou até a cidade, chegando por volta das 22hs30. O corpo foi preparado e levado para a sala 03 da capela da empresa funerária localizada nas proximidades do cemitério municipal de Três Lagoas, onde está sendo velado. O sepultamento será às 10hs30 desta terça-feira.

O cardiologista de 53 anos, deixa além da esposa, três filhos, sendo dois homens e uma menina de 12 anos.

Reginaldo Floriano tinha 53 anos e era um profissional muito conceituado em Três Lagoas e região (Foto: Arquivo/Perfil News)

Comentários