26.5 C
Três Lagoas
quinta-feira, 18 de agosto, 2022
InícioColunistasCaldeirão do BolsãoINFELIZMENTE NÃO FOI DESTA VEZ

INFELIZMENTE NÃO FOI DESTA VEZ

Embora tenha conquistado apenas 21 votos, contra 57 do seu oponente, a senadora três-lagoense Simone Tebet saiu da disputa maior do que entrou, de cabeça erguida, com a missão cumprida

(*) Ricardo Ojeda

RESPEITO E ADMIRAÇÃO

As raposas do MDB a abandonaram no meio da disputa, deixando-a sozinha em meio de matilha. Guerreira como sempre ela não deixou se abater. Foi à luta, ganhando respeito e admiração de seus pares.

LÁ EM MINAS, UAI!

Infelizmente, como já era esperado o senador Nelsinho Trad não a apoiou desde o início. Disse que já tinha fechado com o partido e por conta disso iria honrar o compromisso com o candidato mineiro. Agora, quem sabe nas próximas eleições ele que vá pedir votos lá em Minas Gerais.

GRANDE E DESTEMIDO

Um senador que foi grande, destemido e sem travas na língua atende pelo nome de Jorge Kajuru (Cidadania – GO). Ele por ser candidato pode usar e tribuna e ao discursar não poupou adjetivos para emparedar o então presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

PERDÃO A DEUS

Kajuru enfatizou que Alcolumbre, deixa a presidência do Senado “muito menor”. É “perigoso ele não ganhar eleição nem para síndico”. O senador Goiano disse que Alcolumbre ao abrir a sessão, “não deveria pedir proteção a Deus, mas, sim, perdão a Deus por ter iniciado um mandato em que não cumpriu tudo o que prometeu”, disparou. 

ENGAVETOU

Enquanto durou o discurso de Kajuru as críticas não pararam. Ele criticou o fato de Alcolumbre ter arquivado pedidos de processos de impeachment contra ministros do STF, não ter pautado as CPIs (Comissões Parlamentares de Inquérito) pedidas por parte dos senadores e pautas de combate à corrupção.

APOIO MORAL

Os senadores Lasier Martins (Podemos-RS) e Major Olímpio (PSL-SP) também estavam na disputa do comando da Mesa Diretora, mas ao final do discurso eles retiraram a candidatura em apoio a colega Simone Tebet.

CASA DA MÃE JOANA

Eu confesso que esperava mais dos senadores. Durante a apuração dos votos o microfone ficou aberto e dava para ouvir claramente a bandalheira protagonizado por alguns pares da Casa. Eras tantas asneiras que alguns deles diziam que nem cabe aqui comentar. E pensar que esses senhores fazem as leis que são aplicadas à sociedade. Lamentável!

INÍCIO DO ANO LEGISLATIVO

Amanhã, terça-feira, 2 de fevereiro, tem início o ano legislativo na Câmara de Três Lagoas. A sessão solene que abre os trabalhos será iniciada às 9 horas. O evento não será aberto ao público, apenas aos convidados e autoridades.

AO VIVO

A sessão será transmitida ao vivo pelas redes sociais do legislativo. O prefeito Angelo Guerreiro estará presente e fará um balanço das atividades de 2020 e apresentará as metas e ações que pretende implantar este ano em sua administração.

TRANQUILO E OBJETIVO

O presidente da Câmara de Três Lagoas, Cassiano Maia, visitou o estúdio do Perfil News e conversou com este colunista. Maia mostrou estar bem preparado para comandar o legislativo e na entrevista foi bem objetivo nas respostas, não deixando uma pergunta sem esclarecimentos.

PONTO DE INTERROGAÇÃO

Até a questão do vídeo divulgado pelo colega Paulo Veron enfatizando a renovação do contrato de prestação de serviço com a empresa Agilitá. Veron mostrou-se surpreso com o valor do contrato, dizendo que não concordava com a situação. O vídeo repercutiu nas redes sociais causando um grande “ponto de interrogação” nas cabeças das pessoas.

CONSTRANGIMENTO

Maia disse a publicação lhe causou grande constrangimento, inclusive para sua família, porém disse que já havia conversado com o colega Veron e explicou os detalhes da renovação.

É O TETO QUE A LEI PERMITE

O presidente da Câmara explicou que o valor é o teto, porém não significa que será gasto na totalidade. “Esse aditivo não envolve apenas as despesas com mídias em sites e jornais, mas as campanhas em outdoors, rádios, televisão, impressos do legislativo, faixas e eventos que a Câmara realiza. 

CAMPANHAS DE CONSCIENTIZAÇÃO

Ele disse ainda que, assim como no início da pandemia, instituições como hospitais, por exemplo, precisaram de espaços em nossas mídias para fazer companha de orientação ou conscientização com informações de interesse público.

PRESTAÇÃO DE CONTAS

O vereador falou ainda que é muito importante ressaltar que tudo que for gasto será apresentado de forma transparente à população. “Isso é uma das minhas principais características. Explicar, ser transparente”, concluiu.

SÓ NA MORDOMIA

Nada como viver em um país sem problema. Veja como é a doce vida de um deputado federal. De acordo como publicado na coluna do jornalista Cláudio Humberto, alguns deputados já receberam mais de R$ 461 mil a título de auxílio-moradia. O valor foi distribuído entre 107 deputados, dos quais 49 recebem em dinheiro. Isso tudo só no mês de janeiro que mal se encerrou.

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.