20/08/2014 11h35 – Atualizado em 20/08/2014 11h35

Para participar do concurso, os estudantes devem fazer uma redação dissertativa de 20 a 30 linhas sobre o tema “Se eu fosse senador”

Agência Senado

O prazo para as inscrições no projeto Jovem Senador: 7º Concurso de Redação do Senado” encerra-se na próxima sexta-feira (22), data-limite para as escolas do ensino médio da rede pública estadual e do Distrito Federal encaminharem as redações para as Secretarias de Educação de cada unidade da Federação.

Para participar do concurso, os estudantes devem fazer uma redação dissertativa de 20 a 30 linhas sobre o tema “Se eu fosse senador”. Os 27 autores das melhores redações, um para cada unidade da federação, são convidados a vir a Brasília, com todas as despesas pagas, para serem “jovens senadores”, vivenciando o processo de discussão e elaboração de leis. Alguns desses projetos poderão virar leis de verdade.

É preciso ter no máximo 19 anos, estar regularmente matriculado em uma escola pública estadual ou do Distrito Federal no ensino médio. No ano passado foram recebidas mais de 70 mil redações. O regulamento completo pode ser conferido aqui.

A novidade da edição de 2014 é que os professores que orientaram as redações vencedoras também virão para a capital federal, acompanhando os alunos premiados. Em Brasília, farão uma programação especial. As atividades no Senado serão realizadas entre os dias 18 e 21 de novembro.

ETAPAS

O concurso é composto por três etapas. Na primeira, as escolas selecionam o texto de um aluno, que deve ser inscrito até 22 de agosto.

Na segunda, as Secretarias de Educação de cada unidade federativa selecionam os três melhores textos enviados pelas escolas e os encaminham para o Senado, até 30 de setembro. Na última etapa, nacional, uma comissão julgadora seleciona as redações classificadas em primeiro, segundo e terceiro lugares.

Até o dia 10 de outubro serão divulgados os nomes dos finalistas de cada unidade da Federação e os três primeiros colocados na etapa nacional.

Comentários