09/06/2015 11h55 – Atualizado em 09/06/2015 11h55

Pela primeira vez, o candidato inscrito no Sisu que residir na área de abrangência do câmpus onde concorre a vaga terá uma bonificação de 20% sobre a nota do último Exame Nacional Médio (Enem), utilizada na seleção de estudantes.

Assessoria

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) está com inscrições abertas para 280 vagas em cursos de graduação, através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Uma das novidades deste ano é a aplicação de uma ação afirmativa de caráter local, voltada aos estudantes do Estado.

Pela primeira vez, o candidato inscrito no Sisu que residir na área de abrangência do câmpus onde concorre a vaga terá uma bonificação de 20% sobre a nota do último Exame Nacional Médio (Enem), utilizada na seleção de estudantes.

A bonificação é válida apenas para os candidatos inscritos na ampla concorrência, sem usufruir das cotas. Metade das vagas já é reservada para egressos do ensino público, que tenham baixa renda e/ou se declarem como pretos, pardos e indígenas.

“A abrangência do Sisu, que atrai pessoas do país todo, faz com que parte dos estudantes não concluam o curso. Optamos por uma ação afirmativa voltada aos moradores do Mato Grosso do Sul, reforçando a presença dos estudantes do Estado na instituição”, explica a diretora de Educação Superior e Pós-Graduação, Elaine Cassiano.

Ela destaca que a ação afirmativa local está fundamentada no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) do IFMS, uma vez que no documento está expresso o compromisso com o desenvolvimento local e regional. Uma das finalidades do Instituto é justamente a consolidação e fortalecimento dos arranjos produtivos locais.

A utilização do bônus local está de acordo com Resolução do Conselho Superior do IFMS n° 023/2015, de 14 de maio. As áreas de abrangência de cada município constam na tabela abaixo.

COTAS

Metade das vagas nos processos seletivos para ingresso de estudantes no IFMS é reservada a candidatos que cursaram todo o ensino médio em instituições públicas de ensino. Dessas vagas, 50% são garantidas àqueles que comprovarem renda familiar per capita não superior a 1,5 salário-mínimo.
Parte delas é destinada ainda àqueles que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas. A condição de beneficiário de ação afirmativa (cotas) deve ser manifestada na inscrição.

VAGAS

O Instituto oferta vagas para cursos de graduação nos municípios de Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até quarta-feira, 10, no endereço SISU.

Para concorrer, o candidato deve ter realizado o último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), tendo obtido nota acima de zero na redação e em todas as áreas de conhecimento. A seleção acontece por meio das notas obtidas pelos candidatos no exame.

A divulgação do resultado, com a relação dos convocados em primeira chamada, está prevista para o dia 15 de junho.

(*) IFMS

Comentários