09/02/2012 07h44 – Atualizado em 09/02/2012 07h44

International Paper América Latina cresce em 2011 com vendas líquidas acima de US$ 1.190 bi

A companhia vendeu pouco mais de um milhão de toneladas de papel, produzido nas três fábricas do Brasil

Assessoria de Comunicação

A International Paper (IP) América Latina comemora os resultados das operações na região. A empresa registrou vendas líquidas de US$ 1.190 bilhão, um aumento de 9% em comparação a 2010. O EBIT foi de US$ 169 milhões, 6,2% acima dos US$ 159 milhões alcançados em 2010 (em USGAAP). O volume de vendas alcançou pouco mais de um milhão de toneladas de papel não revestido (em metric tons).

Em 2011, a empresa realizou investimentos na ordem de US$ 117,8 milhões em suas fábricas no País. Destaque para a construção de uma nova caldeira de biomassa, na unidade de Mogi Guaçu. A construção fará com que o sistema integrado de produção da companhia – composto por sua área florestal e as três unidades fabris, localizadas em Luiz Antônio (SP), Mogi Guaçu (SP) e Três Lagoas (MS) – tenha 90% de energia renovável. A caldeira está orçada em US$ 90 milhões, sendo que US$ 32 milhões já foram investidos em 2011.

Também no ano de 2011 foi realizado o investimento de US$ 2 milhões na mudança das embalagens das linhas Chamex. Além disso, a linha de papéis Chamequinho ganhou uma versão exclusiva para o mercado latino. O produto, com o nome adaptado para “Chamequito”, começou a ser comercializado inicialmente na Argentina, Paraguai e Peru.

A IP tem como estratégia a ampliação da sua presença no mercado de papel da América Latina. Para alcançar esses objetivos, a empresa está investindo na revisão e melhoria de processos internos, no aumento da produtividade e na gestão de custos fixos. A empresa aposta também no desenvolvimento das pessoas e em iniciativas para retenção de talentos.

SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL

O ano de 2011 também foi importante para a IP no que se refere à sustentabilidade. Um dos destaques do ano foi a publicação do primeiro Relatório de Sustentabilidade, modelo GRI, no Brasil. O documento, de 119 páginas e 63 indicadores, reúne todas as evidências e resultados das iniciativas de sustentabilidade nos aspectos social, econômico e ambiental.

Há mais de 36 anos, a International Paper investe em projetos socioambientais nas comunidades onde atua. As ações socioambientais realizadas por meio do Instituto International Paper (IIP) são reunidas em 14 projetos que impactam diretamente 26 mil pessoas a cada ano e alcançam, de forma indireta, aproximadamente 130 mil.

Desde 2003, as ações socioambientais da International Paper somam mais de R$ 24 milhões em investimentos. Só no ano passado, por meio do Instituto International Paper, foram investidos aproximadamente R$ 1 milhão em projetos divididos entre as comunidades onde as fábricas se localizam.

PREMIAÇÕES

Em 2011, o trabalho da International Paper foi reconhecido nacionalmente por meio de 13 prêmios, que valorizam desde o desenvolvimento de pessoas, responsabilidade socioambiental, comunicação, atendimento ao cliente até inovação e qualidade de nossos produtos.

As mudanças nas embalagens Chamex e Chamequinho renderam à companhia seis prêmios. O papel voltado para linha gráfica, Chambril, ganhou o prêmio “Fernando Pini”.

Sobre a IP – A International Paper é uma empresa global na produção de papéis não revestidos e embalagens, com operações na América do Norte, Europa, Rússia, América Latina, Ásia e norte da África. Seus negócios também incluem a Xpedx, sua empresa de distribuição na América do Norte. Sediada em Memphis, nos Estados Unidos, a companhia emprega cerca de 59.500 pessoas em dezenas de países, e atende clientes no mundo inteiro.

No Brasil, a International Paper possui aproximadamente 2.600 profissionais e seu sistema integrado de produção é composto por três fábricas: duas no Estado de São Paulo e uma no Mato Grosso do Sul. Seus produtos, as linhas de papéis para imprimir e escrever Chamex e Chamequinho e a linha gráfica de papéis Chambril, são produzidos a partir de florestas 100% plantadas e renováveis, certificadas pelo Cerflor, Sistema Brasileiro de Certificação Florestal gerenciado pelo Inmetro e reconhecido internacionalmente pelo PEFC (Program for Endorsement on Forestry Certification). A Companhia também possui a certificação FSC (Forest Stewardship Council – Conselho de Manejo Florestal), reconhecida como um “selo verde” e presente em mais de 75 países. Além dessas duas certificações, a International Paper é a primeira empresa da América Latina a receber a certificação Ecolabel Flower, reconhecida em toda União Europeia e que atesta o bom desempenho ambiental dos produtos industrializados e serviços.

Para saber mais sobre a International Paper, seus produtos e seu compromisso com a sustentabilidade econômica, social e ambiental, acessem: www.internationalpaper.com.br.

Comentários