24/07/2017 10h20

Como não bastasse o calote que ultrapassam R$ 40 milhões aplicados nos fornecedores, o consórcio que liderava a construção da UFN3, está sendo investigado pela Procuradoria da República em Três Lagoas a prática de crimes durante a construção do empreendimento

Ricardo Ojeda

INVESTIGADO

Como não bastasse o calote que ultrapassam R$ 40 milhões aplicados nos fornecedores, o consórcio que liderava a construção da UFN3 (Unidade de Fertilizantes Nitrogenados na Petrobras) está sendo investigado pela Procuradoria da República em Três Lagoas a prática de crimes durante a construção do empreendimento.

MPF

De acordo com matéria divulgada em meia página na edição desta segunda-feira (24/07) do jornal Correio do Estado, o Ministério Público Federal está investigando o empreendimento pela prática de vários crimes cometidos durante a construção da fábrica.

INGREDIENTES

Sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, corrupção, sonegação fiscal, descaminho, sonegação previdenciária são os principais ingredientes que forma o tempero indigesto dessa obra que está paralisada há mais de 03 anos.

FORA DA CIDADE

Após alguns dias fora da cidade, volto ao batente para registrar os acontecimentos da Capital Mundial da Celulose.

FESTANÇA JULHINA

O prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro ofereceu uma autêntica festa “Julhina” aos seus amigos e convidados. O evento aconteceu na noite de sábado passado e atraiu um considerável número de pessoas. Uma autêntica estrutura com adereços típicos da festa foi montada na rua em frente à casa do alcaide. O titular dessa coluna foi convidado, porém não deu para prestigiar devido a problemas de última hora.

MAIS ATENÇÃO

O intrépido e valente secretário de Meio Ambiente de Três Lagoas, Celso Yamaguti poderia dar atenção redobrada ao cartão de visita da cidade, a Lagoa Maior. Além de estar toda suja, na manhã desta segunda-feira uma capivara estava na margem toda sangrando, toda machucada, dando um aspecto desagradável ao local.

OBSERVAÇÃO CORRETA

Segundo bem observou o empresário Angelo Mário Tibery, o motivos dos ferimentos no animal, pode ter sidos causados por uma briga entre os machos. No local, não existe mais predadores naturais (como o jacarés de grande porte) e não há alimento suficiente para atender a quantidade desses animais, daí a disputa entre eles.

PROCEDIMENTO

O correto agora é removê-las, levando-as para um local que seja idêntica ao seu habitat natural. Se o secretário for tão determinado, da mesma maneira que retirou os jacarés, com certeza, esse procedimento é fichinha para ele.

APROVADO

E pelo jeito a população aprovou o novo horário de atendimento da prefeitura de Três Lagoas. Antes, o expediente era até às 13 horas. Com a entrada de Angelo Guerreiro no comando administrativo, ele avaliou e determinou que o horário de expediente obedecesse 8 horas diárias, com intervalo da duas horas para o almoço.

PARA REFLETIR

“A vida não é medida pela quantidade de vezes que respiramos, mas pelos momentos que nos tiram a respiração.”

George Carlin

Obras da UFN3 estão paradas há mais de 03 anos (Foto: Arquivo/Perfil News)

Comentários