Cônsul da Síria testou como positivo; números oficiais falam em quatro casos, mas não computam empresário contaminado em Campo Grande que está em tratamento em São Paulo

As secretarias Municipal e Estadual de Saúde divulgaram nesta tarde o boletim atualizado dos casos de novo coronavírus (Covid-19). Oficialmente, agora são quatro casos confirmados, todos em Campo Grande: uma mulher e três homens.

Entraram na lista o assessor prefeitura, Robson Gatti, de 46 anos, internado no Hospital da Cassems no domingo, e também o cônsul do Síria em Mato Grosso do Sul, Kabril Yussef, de 66 anos, que deu entrada no Proncor no sábado e ontem foi transferido para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Não integra a relação oficial outro campo-grandense que já teve a confirmação para a doença, empresário de 39 anos que no dia 10 de março também foi transferido para o Sírio Libanês. Contando com ele, já são cinco infectados na Capital.

No total, o Estado já registrou 88 notificações, em 5 municípios. Além dos 4 confirmados, 33 ainda estão sob suspeita, 41 casos já foram descartados e 10 excluídos.

As primeiras confirmações foram de jovem de 23 anos, atendida na UPA Leblon no dia 12 de março e contaminada depois de contato com infectado no Rio de Janeiro. O outro caso é de um homem de 31 anos, também em 12 de março, que voltou de trabalho em Londres.

As informações são do Campo Grande News.

Comentários