17/09/2002 11h13 – Atualizado em 17/09/2002 11h13

O Japão apresentou hoje suas desculpas oficiais à Coréia do Norte pela ocupação da pensínsula de 1910 a 1945. Hoje, o primeiro-ministro japonês Junichiro Koizumi e o líder norte-coreano Kim Jong Il mantiveram um encontro histórico em Pyongyang, na Coréia do Norte.

Conforme o comunicado final firmado por Tóquio e Pyongyang ao término de sua primeira reunião de cúpula bilateral, o “Japão reconhece humildemente a constatação histórica de que causou terríveis danos e sofrimentos ao povo da Coréia durante o período colonial e expressa seus sentimentos de profundo remorso e de sinceras desculpas”.

A fórmula escolhida foi praticamente a mesma utilizada em agosto de 1995 pelo então primeiro-ministro japonês, Tomiichi Murayama, quando se desculpou em nome de toda a região asiática envolvida, por motivo do 50º aniversário da derrota japonesa durante a II Guerra Mundial. O Japão colonizou a península coreana de 1910 a 1945. Ao término da guerra, as superpotências a dividiram entre o Sul capitalista e o Norte comunista.

Comentários