18/09/2017 17h11

Pai de Joesley e Wesley Batista e fundador da JBS foi escolhido para a assumir presidência da companhia.

Da redação

A JBS perdeu quase R$ 1 bilhão de valor de mercado nesta segunda-feira (18), após as ações da companhia caírem quase 4% na bolsa. Segundo levantamento da provedora de informações financeiras Economatica, o valor de mercado da JBS encolheu para R$ 23,194 bilhões no fechamento do pregão, ante R$ 24,149 no encerramento da sessão da última sexta-feira (15).

JBS ON recuou 3,95%, a R$ 8,50 o papel, após o conselho de administração da maior processadora de carne do mundo escolher José Batista Sobrinho como presidente-executivo, no lugar do seu filho Wesley, preso em investigação de insider trading (uso indevido de informações privilegiadas para lucrar no mercado financeiro).

O tombo dessa segunda interrompeu uma trajetória de valorização dos papéis da empresa, que no acumulado na primeira quinzena do mês viu o seu valor de mercado aumentar em R$ 491 milhões. A mínima no ano foi registrada na sequência das delações dos donos da JBS envolvendo o presidente Michel Temer. No dia 22 de maio, o valor de mercado da companhia encolheu para R$ 16,317 bilhões.

No acumulado no ano, a JBS encolheu até o fechamento desta segunda R$ 7,8 bilhões em valor de mercado, segundo a Economatica. A máxima histórica foi registrada em 11 de setembro de 2015, quando a soma das ações da JBS atingiram R$ 49,66 bilhões em valor de mercado.

Já a Bovespa fechou em alta de 0,31%, a 75.990 pontos, renovando sua máxia histórica de fechamento.

(*) Informações com o G1.

O tombo dessa segunda interrompeu uma trajetória de valorização dos papéis da empresa (Reprodução / TV Globo)

Comentários