08/05/2018 10h33

Ele alegou que a decisão é de cunho “estritamente pessoal”

Redação

O advogado e ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, anunciou, nesta terça-feira (8), por meio de sua página pessoal no Twitter que não vai disputar as eleições para a presidência da República.

“Está decidido. Após várias semanas de muita reflexão, finalmente cheguei a uma conclusão. Não pretendo ser candidato a Presidente da República. Decisão estritamente pessoal”, declarou ele.

O ex-ministro do STF se filiou ao PSB e desde então passou a ser cotado como candidato à presidência. Em uma das pesquisa da Datafolha, Barbosa chegou a pontuar 5% das intenções de voto.

Primeiro negro a ocupar uma cadeira na mais alta corte da Justiça, ele foi relator do mensalão, que condenou 24 réus, entre eles o ex-ministro da Casa Civil de Lula, José Dirceu.

No meio político há quem diga que ele foi o “primeiro Moro”, em referência ao juiz Sérgio Moro, que ganhou notoriedade durante a operação Lava-Jato.

(*) Correio do Estado

Barbosa anunciou que não será candidato pelo Twitter - Foto: G1

Comentários