28/04/2019 08h22

Ladrão só foi descoberto porque usou a mesma roupa que tinha usado em outro furto

Gisele Berto

Poxa, John Lennon! Assim você não ajuda…

Um homem, com o mesmo nome do líder dos Beatles, foi preso na sexta-feira, 26, em Água Clara, após furtar um aparelho de TV de uma loja de móveis.

John Lennon só foi descoberto porque vacilou: ele teria usado a mesma camiseta que usou em um outro furto, praticado no início de março, na mesma loja de móveis. Seria a camiseta da sorte? Dessa vez, deu ruim.

COME TOGETHER

Assim como nos Beatles, John Lennon não trabalhava sozinho: nos dois furtos em que participou, ele estava com um comparsa.

ACT NATURALLY

A história de como a polícia chegou aos ladrões é tão inacreditável que daria uma letra de música: no início de março uma loja de móveis de Água Clara foi furtada de forma inusitada. Uma dupla de criminosos aproveitou-se da presença de apenas um vendedor para colocar em ação seu plano criminoso: um dos meliantes conversava com o vendedor, distraindo-o, enquanto o outro arrastava para fora a televisão (veja o vídeo).

Os vendedores somente tomaram conhecimento do furto mais tarde no dia, quando deram falta do aparelho e, analisando as filmagens, notaram o momento exato em que um homem de camiseta azul listrada pega o aparelho. Como se nada estivesse acontecendo, o homem simplesmente olha para os lados e lentamente arrasta a televisão de 40 polegadas para fora da loja.

COME AND GET IT

Como o pessoal da loja só percebeu o furto horas depois, não conseguiram pegar a dupla. O que os lojistas não imaginavam é que o sujeito retornaria, com a sua “camiseta da sorte”, para novamente tentar furtar a loja – e foi exatamente o que ocorreu na sexta-feira.

O modus operandi foi o mesmo: com a sua querida camiseta listrada, John Lennon voltou, desta vez com outro comparsa, para levar outra TV. Enquanto o comparsa tentava distrair o vendedor, John Lennon é visto nas filmagens se encostando sorrateiramente em diversas TVs, até perceber que estavam amarradas em virtude do furto anterior.

BAD TO ME

Pouco depois, o criminoso chega a pegar um aparelho celular, acionando o alarme da loja. Confrontado pelo vendedor, alegou que queria apenas olhar o aparelho e que voltaria mais tarde para ver se o comprava.

Mas como “nem Jesus Cristo é tão famoso quanto um Beatle”, um dos vendedores, que estava na loja no primeiro furto em março, reconheceu o autor pela camiseta listrada. Após o criminoso sair da loja, o vendedor chamou a Polícia Civil, que de imediato iniciou perseguição. Os autores foram abordados dentro do veículo, sendo encontrados diversos objetos de serralheria e remédios veterinários, provavelmente fruto de outros crimes.

A HARD DAY’S NIGHT

Um dos criminosos possui extensa ficha criminal, tendo sido autuado em flagrante por outras quatro vezes. A dupla de criminosos responderá por tentativa de furto qualificado, sendo que John Lennon será indiciado também pelo furto qualificado consumado que praticou no mês de março.



Comentários