Jorge Kajuru, do Cidadania-GO, é o senador mais influente nas redes sociais. O ranking, divulgado pela agência FSB, quantifica o engajamento que cada parlamentar possui nas mídias sociais: Facebook, Instagram e Twitter. O ranking analisou o período 5 a 11 de janeiro.

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) lidera a lista no Senado, em 1º lugar, após ganhar três colocações. Humberto Costa (PT-PE), Álvaro Dias (Podemos-PR) e Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) vêm em 2º, 3º e 4º, respectivamente. O PT e o Podemos lideram o ranking dos senadores, com três nomes cada um. A Rede possui dois representantes. Outros seis partidos têm um parlamentar, cada, entre os mais influentes nas redes sociais.

O senador Jorge Kajuru participará de uma live que acontecerá na próxima quinta-feira, 21, às 14h (MS) e será transmitida pela página do Perfil News no Facebook.

Desempenho dos parlamentares

O senador Cid Gomes, do PDT-CE, foi o que mais subiu posições no período, principalmente devido a posts contrários ao presidente Jair Bolsonaro. A marca de 200 mil brasileiros mortos pela pandemia de Covid-19, as dificuldades do Ministério da Saúde em comprar seringas para a imunização e o apoio do presidente a Donald Trump foram os temas do pedetista nas redes sociais, que também reproduziu postagens de seu irmão, Ciro Gomes, na mesma linha. alçaram o senador Cid Gomes (PDT-CE) ao topo do ranking. Ele ficou em 9º lugar, após subir dez posições.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que tenta eleger Rodrigo Pacheco (DEM-MG) seu sucessor no cargo, também saltou nove lugares no levantamento. Ele saiu do 20º lugar em dezembro para o 11º lugar ranking deste ano. Outro senador com bom desempenho foi Paulo Paim (PT-RS), que avançou quatro posições e chegou à 14ª colocação. O colega petista Rogério Carvalho (SE), por sua vez, foi o que mais perdeu espaço, recuando seis posições, mas ainda conseguiu ficar em 15º.

Comentários