30/09/2019 07h49

Jovem baleado teria sacado arma, mas não teve tempo de disparar, diz PM

Segundo comando da PM, após perseguição ele teria fugido a pé e sacado a arma para atirar na polícia, mas os policiais foram mais rápidos e ele não teria tido tempo de atirar

Gisele Berto

O jovem Diego Polizel, 22 anos, morto ontem, 29, depois de não obedecer ordem de parada e fugir da Força Tática, teria sacado a arma para atirar na Guarnição, mas não teve tempo de efetuar os disparos. A informação foi passada pelo Comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar de Três Lagoas, Coronel Enio Souza.

“Não deu tempo dele fazer o disparo. Ao sacar a arma ele foi alvejado”, informou o Coronel.

Diego teria fugido da polícia após abordagem. Ele pilotava uma moto CB300. Ao chegar à Vila Alegre, próximo ao posto de saúde, na rua Padre João Thomés, o rapaz teria abandonado a moto e fugido a pé.

Quando os policiais se aproximaram ele teria sacado uma arma, o que levou à reação policial de disparar e atingir o rapaz.

Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

Diego Polizel, 22 anos, morto após desobedecer ordem de parada da polícia. Foto: Facebook

Comentários