11/05/2015 10h30 – Atualizado em 11/05/2015 10h30

Os suspeitos pela autoria do crime foram presos no final da tarde do mesmo dia e foram reconhecidos pela vítima

Redação

Uma jovem de 19 anos foi vítima de estupro na madrugada de domingo (10) na Aldeia Bororó, Reserva Indígena de Dourados. Cinco pessoas a violentaram, segundo eles, o crime foi encomendado por uma mulher de 40 anos. Por motivos de vingança, a mulher teria pago ao grupo R$ 80 para realizar o estupro. A suposta mandante está foragida e ainda não teve o nome divulgado.

De acordo com as informações da polícia, a vítima deixava uma festa quando foi abordada pelos irmãos Edemil Arce Isnarde, 26, Oimando Arce Isnarde, 20, Aufifo Arce Isnarde, 23 e um adolescente de 12 anos, além do tio deles, de 15 anos.

Ainda conforme a polícia, durante o abuso a mulher chegou a passar mal e desmaiou. Populares que a encontraram acionaram o socorro e a levaram para o Hospital Universitário.

De acordo com o site Dourados News, os suspeitos pela autoria do crime foram presos no final da tarde do mesmo dia e foram reconhecidos pela vítima. Autuados pelo estupro, Edemil, Oimando e Aufifo, permanecem detidos no 1º Distrito Policial. Já os dois menores, levados para a Unei (Unidade Educacional de Internação).

O motivo da vingança por parte da mulher ainda é apurado.

(*) com informações Água Clara MS

O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil em Dourados (Foto: Marcos Ribeiro/ Jornal O Progresso)

Comentários