24/04/2014 10h43 – Atualizado em 24/04/2014 10h43

Secretaria de Saúde de Corumbá confirmou causa da morte. Fernanda Mattas, de 24 anos, estava na UTI e morreu na quarta-feira (22)

Da Redação

A jovem Fernanda Mattas, de 24 anos, morreu na tarde de quarta-feira (23) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Corumbá. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (24), pela Secretaria de Saúde do município. A causa do óbito foi uma dengue hemorrágica.

O pai da jovem, Fernando Mattas, de 50 anos, informou que a filha foi internada com suspeita de leishmaniose. Após oito dias no hospital, ela pediu para ser liberada. Como a equipe médica não autorizou a alta, Fernanda assinou um termo de responsabilidade e deixou a unidade de saúde.

Mattas contou que a filha foi aprovada em um concurso público e por isso pediu para deixar o hospital. “Ela disse que precisava ir para Campo Grande para fazer alguns exames, mas não conseguiu viajar porque não estava bem”, relatou o pai.

DENGUE

No domingo (20), Fernanda piorou e voltou a ser internada e os médicos diagnosticaram a dengue hemorrágica. Segundo o pai, na noite de terça-feira (22), o estado de saúde dela se agravou. A jovem foi encaminhada para a UTI da Santa Casa, mas não resistiu e morreu por volta das 16h30 de quarta-feira.

Fernanda era bacharel em Direito e morava com a família na cidade de Ladário. A jovem também era atleta e participava de campeonatos de fisiculturismo no estado.

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura de Corumbá, a Santa Casa atende os dois municípios. Esta foi a segunda morte por dengue hemorrágica registrada em 2014 na cidade.

(*)Com informação de G1 MS

Comentários