02/02/2012 17h07 – Atualizado em 02/02/2012 17h07

Polícia diz que ele conseguiu trocar cheques falsos e dinheiro emprestado. De apenas uma vítima, polícia diz que ele sacou R$ 3 mil da conta.

G1

Um jovem de 20 anos foi preso por suspeita de estelionato, na tarde desta quarta-feira (1º), em Itaporã, a 225 km de Campo Grande. Segundo a Polícia Civil, ele se passou por um rico turista português para trocar cheques falsos e conseguir dinheiro emprestado em Itaporã e Campo Grande.

O delegado Winston Ramão Albres Garcia disse ao G1 que no momento da prisão, o suspeito estava com uma mulher de 27, moradora de Campo Grande, e que seria mais uma vítima do falso português.

“A companheira do rapaz ficou surpresa com a prisão, ela estava acreditando no jovem, que tinha até sotaque de português. Após a prisão a mulher revelou à polícia que havia conhecido o estelionatário em uma colônia de férias e havia emprestado o cartão da sua conta para que ele recebesse dinheiro enviado pela família em Portugal”, explicou.

Garcia diz que para enganar a vítima, o jovem fazia depósitos com envelopes vazios em caixas eletrônicos e depois mostrava o extrato para a mulher, que autoriza os saques no suposto valor depositado.

“Ele fazia o depósito falso e mostrava o extrato onde constava um determinado valor no campo ‘créditos a confirmar’. Assim, mesmo sem a confirmação do valor, a vítima autorizava o saque”, comenta o delegado.

Após a prisão do suspeito, Garcia diz que a vítima foi conferir o saldo de sua conta bancária e descobriu que o falso português havia sacado o dinheiro que havia na conta e ainda todo o valor do limite do cheque especial, provocando um prejuízo de cerca de 3 mil.

O jovem está preso na delegacia de Polícia Civil de Itaporã, onde foi indiciado por estelionato. O delegado já pediu a prisão preventiva do suspeito e continua as investigações para identificar todas as vítimas do falso turista.

Comentários