10/11/2006 15h03 – Atualizado em 10/11/2006 15h03

TV Morena

O juiz da comarca de Miranda, Paulo Afonso de Oliveira, expediu um mandado de prisão ao comandante da Companhia de Guarda de Escolta e diretor do Presídio Militar, major Reginaldo Medeiros e ameaçou fazer o mesmo com o secretário de Segurança e Justiça Pública, Raufi Marques, caso a transferência de 28 presos, da cadeia da cidade, não seja feita em 48 horas. O oficial da Polícia Militar é acusado de descumprir a ordem de transferir os presos de Miranda para outras unidades prisionais do Estado. Raufi Marques foi notificado a cumprir a determinação em dois dias sob pena de ser preso. Segundo o juiz, há mais de dez dias a Companhia vem protelando o cumprimento da determinação, alegando não ter viaturas. A cadeia de Miranda, distante 194 quilômetros de Campo Grande, possui 72 presos confinados em duas celas e alguns estão com problemas de saúde.O major e o secretário não foram encontrados para falar sobre a determinação do juiz Paulo Afonso.

Comentários