27/12/2012 10h18 – Atualizado em 27/12/2012 10h18

Da Redação

A Justiça em Mato Grosso do Sul concedeu saída temporária para 903 detentos dos regimes aberto e semiaberto do estado. O benefício dado é referente ao período de Natal e Ano Novo para que os presos passem as festas com a família. Em Campo Grande, 389 tiveram direito ao benefício. Nos municípios do interior, 514 foram liberados.

A concessão é válida para presos que não tenham sofrido sanção disciplinar administrativa nos últimos seis meses, exceto uma única falta de natureza leve e que estejam há pelo menos 30 dias cumprindo pena nos regimes. No ano passado, 398 presos tiveram direito a saída temporária em Campo Grande.

Segundo dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), dos 389 beneficiados em Campo Grande, 143 são do regime semiaberto, do Centro Penal Agroindustrial da Gameleira. No sistema aberto, a concessão foi dada para 212 detentos. No Estabelecimento Penal Feminino de Regime Semiaberto, Aberto e Assistência à Albergada de Campo Grande, 34 mulheres foram liberadas.

De acordo com Sejusp, os presos do regime semiaberto terão duas datas de saída. No Natal, 71 presos saíram entre os dias 24 e 26 de dezembro, retornando às 17 horas; mais 72 irão sair no Ano Novo, de 31 de dezembro a 2 de janeiro, voltando também às 17 horas. Para os detentos do regime aberto, o período de saída temporária é único, de 24 de dezembro a 2 de janeiro. Já no caso das detentas, 25 puderam sair no Natal e nove sairão no Ano Novo.

O diretor da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), coronel Deusdete de Oliveira, informou que todos os presos de Campo Grande que saíram no Natal, retornaram até o dia 26 de dezembro. A segunda checagem deve ser feita no próximo retorno, no dia 2 de janeiro.

Conforme a determinação do judicial, os presos não poderão frequentar bares, boates, prostíbulos, além de não poderem ingerir bebidas alcoólicas. A partir das 18h até 6h deverão permanecer em casa.

(*) Com informações do G1 MS

Comentários