19/03/2012 09h24 – Atualizado em 19/03/2012 09h24

Justiça faz mutirão de conciliação do DPVAT na Capital

Mutirão de conciliação vai resolver 600 processos de indenização por invalidez

Edmir Conceição

O Fórum de Campo Grande inicia nesta segunda-feira mutirão de uma semana para buscar acordo em processos do DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre). A ideia é buscar acordo entre as partes nos processos de seguro por invalidez.

De acordo com o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), cerca de 600 ações de todas as varas cíveis do Fórum foram incluídas no mutirão, em continuidade aos trabalhos da Câmara de Conciliação das Varas Residuais da Capital.

As audiências serão realizadas até sexta-feira (23), das 8h30 às 12h30 e das 13h30 às 18h30. Os mutirões de conciliação surgiram para tornar mais ágil o atendimento aos usuários que, em muitos casos por desconhecimento, acabam buscando a via judicial em vez de recorrer à seguradora para receber a indenização. A iniciativa já foi realizada em 33 cidades de 13 estados do país.

Durante o mutirão haverá médicos de plantão para a realização de perícias. É importante que as partes que foram intimadas compareçam às audiências para que seja possível identificar suas lesões, em caso de invalidez permanente e assim apresentar propostas que permitam uma conciliação satisfatória.

As audiências de conciliação ocorrerão no 1º andar, bloco B, e serão realizadas por conciliadores, supervisionados pelo juiz Vilson Bertelli, coordenador do Mutirão DPVAT na Capital. Em uma sala no 2º andar, também no Bloco B, serão realizadas as perícias. Haverá setas indicativas, banners e cartazes no prédio do Fórum para sinalizar onde fica a sala de audiência e a sala de perícia.

Interessados em obter informações sobre como solicitar as indenizações DPVAT nas seguradoras poderão se dirigir ao Fórum de Campo Grande durante o período de realização do mutirão ou pelo telefone 0800 221 204 ou o site http://www.dpvatseguro.com.br/.

Vítimas de acidentes de trabalho têm uma semana para resolver indenizações do DPVAT. (Foto: Reprodução)

Comentários