15/01/2019 15h32

Moradora do Jardim das Oliveiras pede providências da prefeitura

Gisele Berto

Cansada dos sujões e irresponsáveis, a moradora do Jardim das Oliveiras Erêndira Benites decidiu denunciar publicamente os vizinhos que jogam lixo nos terrenos baldios e transformaram o bairro em um lixão a céu aberto.

“Estes terrenos ficam em frente à minha casa”, contou Erêndira, nas suas redes sociais. “Nosso quintal é mantido sempre limpo, porém mosquitos, escorpiões, lacraias, aranhas e cobras são frequentes por aqui”, disse.

A preocupação da moradora é em relação às crianças que frequentam o local. “Tenho um bebê em casa. Esses bichos são perigosos e há uma epidemia de dengue na cidade”, disse ela, que contou que o marido matou uma cobra na noite de ontem, 14, na entrada da casa.

Segundo ela, moradores de bairros próximos e alguns de seus vizinhos jogam lixo nos terrenos. “Direto pego esses nojentos jogando lixo e coloco pra correr”, conta.

SEGURANÇA

Ainda segundo a moradora, o medo em relação a animais peçonhentos não é o único. “O mato está tão alto que os ladrão e usuários de drogas fazem de esconderijo. Passa uma rua sem iluminação no meio dos terrenos e casais aproveitam para fazer ‘bobeira’ na rua”, diz.

PREFEITURA

O Perfil News passou o caso para a prefeitura. De acordo com a assessoria de comunicação, a denúncia será encaminhada aos setores competentes, que irão ao local avaliar o caso.

O poder público lembra que qualquer cidadão pode denunciar terrenos sujos. Basta entrar em contato com o Setor de Fiscalização e Postura pelo telefone 67 3929-1126 ou pelo site da ouvidoria.

A prefeitura notificou no final do ano passado os donos de todos os terrenos baldios, construções inacabadas e casas desocupadas, solicitando a limpeza e agora, após o prazo de 15 dias, limpará os lotes que ainda estão sujos e mandará a conta para os donos, que também pagarão multa.

Terreno virou depósito de lixo e leitora denunciou. Foto: Arquivo Pessoal

Terreno sujo e a cobra que o marido da leitora matou ontem à noite. Foto: Arquivo Pessoal

Comentários