Aproximadamente 1.250 pessoas que perderam seus postos de trabalho em Três Lagoas, sem contar os freelancers e informais que também foram atingidos pelo novo toque de recolher

A Abrasel Costa Leste – Associação de Bares e Restaurantes fez um levantamento junto aos seus associados na cidade de Três Lagoas e apurou um grande número de demissões, além de queda no faturamento, ocasionados pelo novo toque de recolher às 20 horas, decretado pelo Governo do Estado.

O levantamento apurou que 30% das empresas não abrirão as portas para atendimento no salão, operando apenas com o delivery. De acordo com o presidente da Abrasel Costa Leste, Marcos Antônio Gomes Júnior, as empresas já estão sentindo no faturamento. “A redução do faturamento médio das empresas é na ordem de 74%, isso acaba gerando um efeito cascata, com demissões e acúmulo de prejuízos e dívidas”.

20% dos funcionários perderam seus empregos, desde que o novo toque de recolher iniciou. “Estamos falando de aproximadamente 1.250 pessoas que perderam seus postos de trabalho em Três Lagoas, sem contar os freelancers e informais que também foram atingidos pelo novo toque de recolher. Sem dúvidas, é uma situação que beira a calamidade, muitos empresários podem até fechar as portas”, lamentou Júnior.

(*) Assessoria de Comunicação

Comentários