Prefeitura editou mudanças “sutis” no decreto editado na semana passada; toque de recolher passa a valer a partir de 22h

A Prefeitura de Três Lagoas anunciou mudanças “sutis” no decreto municipal que estabeleceu regras para abertura de serviços essenciais no comércio da cidade nesse tempo de pandemia de coronavírus.

“Sabemos da angústia de todos. Não é diferente da nossa. Mas precisamos agir com responsabilidade, especialmente em relação à saúde”, afirmou o prefeito Angelo Guerreiro, que salientou que as medidas adotadas não são “isoladas” e seguem às recomendações do Ministério da Saúde e dos técnicos estaduais e municipais.

Em live realizada na manhã desta segunda-feira, 30, o Secretário Geral da Prefeitura e Presidente do Comitê de Prevenção ao Covid-19, dr. Cassiano Maia, anunciou as seguintes mudanças no decreto municipal:

  • As casas lotéricas voltam a abrir o atendimento ao público no dia 1 de abril. A reabertura foi determinada em razão de muitas pessoas que não têm conta em banco e dependem das lotéricas para realizar pagamentos e receber benefícios. Elas ficarão abertas das 8h às 11 e das 13h às 17h e deverão tomar medidas como realizar limpezas a cada duas horas e disponibilizar álcool gel e EPIs para os funcionários. Além disso, os clientes precisam manter distância. Caso o estabelecimento esteja cheio, as autoridades pedem que os clientes voltem em outro horário.
  • Supermercados e lojas de conveniência passam a funcionar até as 21h, para que as pessoas tenham mais tempo para fazer suas compras e evitem aglomerações.
  • O toque de recolher passa a vigorar a partir das 22h. A mudança se deve à alteração do horário de funcionamento dos supermercados. Dessa forma, as pessoas conseguem um tempo a mais para irem para casa após as compras.
  • Cartórios e escritórios de contabilidade podem funcionar com portas fechadas, mediante agendamento.
  • Clínicas médicas e laboratórios podem realizar atendimentos de urgência, emergência e os chamados “atendimentos continuados”, como consultas de gestantes, colocação e retirada de gessos e similares. Estão proibidas marcações de consultas eletivas.
  • Para comerciantes, prorrogação do pagamento de alvarás de 30 de março para 30 de junho.
  • Parcelas do IPTU com vencimentos em abril, maio e junho podem ser pagas em outubro, novembro e dezembro. Atenção: quem opte por “jogar” os vencimentos para o final do ano precisa lembrar que, nesses últimos três meses do ano, pagará as parcelas em dobro. Quem preferir pagar o IPTU normalmente também pode.
  • Assistencialismo: a Prefeitura está comprando 2,5 mil cestas básicas para famílias carentes. Os CRAS realizarão atendimento telefônico para fazer triagem das pessoas que necessitam do benefício.

Comentários