18/11/2006 09h41 – Atualizado em 18/11/2006 09h41

Terra

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva havia programado uma visita ao senador Ramez Tebet (PMDB-MS)para segunda-feira. O Tebet morreu na madrugada deste sábado, em Campo Grande (MS), por conta do agravamento de seu quadro de saúde. Ele sofria de câncer no fígado.

Lula iria a Campo Grande acompanhado por outros dois senadores peemedebistas: o presidente do Congresso, Renan Calheiros (AL), e o ex-presidente José Sarney (AP). Os dois senadores pretendiam ver o colega ainda na sexta-feira, quando Tebet teve seu quadro de saúde agravado, mas decidiram adiar a viagem a pedido do presidente Lula. Tebet vinha sendo tratado em casa, acompanhado por familiares. O senador estava consciente e respirava sem ajuda de aparelhos, mas não fala. O corpo do senador está sendo velado na Assembléia Legislativa de Campo Grande e será levado para o município de Três Lagoas, terra natal do parlamentar, no final da manhã, onde será enterrado por volta das 18 horas. Tebet, 70 anos, nasceu em 7 de novembro de 1936. Advogado, era casado com Fairte Nassar, com quem teve quatro filhos. Foi professor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e começou sua carreira política como prefeito de sua cidade natal.

Comentários