08/06/2017 16h07

Empresa já tem 20 anos de atuação no mercado, sendo 10 em pleno crescimento no município de Três Lagoas

Guta Rufino

Uma empresa com mais de 20 anos de atuação no mercado escreve sua história junto com o ‘boom’ do desenvolvimento de Três Lagoas nas últimas décadas. O Perfil News conversou com os sócios Wilmar Matoso Blam, 39 e Valdir Alves Pereira, 49 e vai contar a história de sucesso da Mademinas.

A Mademinas é uma empresa que comercializa madeira e também produz móveis rústicos e planejados em madeira, é referência em qualidade e sofisticação no segmento em Três Lagoas.

A empresa conta com projetistas de móveis que desenham os esboços e projetos e fazem orçamentos sem custo ao cliente, além de um setor de pós-vendas, para atender qualquer manutenção futura aos produtos.

HISTÓRIA

Foi em 2007 que a Mademinas chegou a Três Lagoas e se instalou na avenida Clodoaldo Garcia, próximo a saída para Campo Grande. A empresa veio de Coronel Sapucaia, na fronteira com o Paraguay. Na época eles trabalhavam apenas com a madeira em atacado. Cargas fechadas.

Apesar da Mademinas ter chegado com Wilmar em 2007 – que já estava na administração da empresa desde 2004 -, em Três Lagoas, sua sociedade com Valdir inicia no ano de 2013.

Tanto Luiz quanto Wilmar trouxeram família para Três Lagoas. “Não nos arrependemos em momento algum de vir para cá. Estamos crescendo junto com a cidade, e isso só nos reforça a certeza de que aqui é o lugar certo”, pontuaram.

DA MADEIRA BRUTA AOS PLANEJADOS

Quando instalou-se em Três Lagoas, a Mademinas trabalhava apenas com madeira bruta, entretanto, Wilmar conta que começou a perceber nas sobras de madeira a possibilidade de produzir móveis. “Vimos a oportunidade de industrializar. Fizemos, e deu certo”, comemorou.

Desde sua chegada a Três Lagoas, a Mademinas não apenas se mostrou referência na produção de móveis rústicos e planejados, como também tem aprimorado seu produto.

(*) Ricardo Ojeda

A empresa mostra seu sinal de progresso na vinda para Três Lagoas, com a triplicação no número de funcionários nos últimos 10 anos. “Nossa empresa tinha nove colaboradores. Hoje temos 30”.

A Mademinas tem uma clientela que vai além de Três Lagoas. “Conquistamos clientes da região do Bolsão e também turistas que passam por aqui e acabam gostando e adquirindo nossos produtos”, contou Wilmar.

SEM CRISE

Apesar da crise econômica que tem assombrado o Brasil e também outros países nos últimos anos, a Mademinas se mantem firme e forte. “É claro que sentimos os reflexos da crise, mas aproveitamos esse momento para nos organizamos. Otimizamos nossa produção e aprimoramos nossa equipe”.

TODOS CRESCEM

E não é apenas Três Lagoas e a Mademinas que cresceu. Luiz Carlos Costa Santos, 30 anos, é gerente de depósitos da empresa. Ele é um dos funcionários mais antigos. Trabalha lá há 9 anos. Começou como serviços gerais.

SUSTENTABILIDADE

A Mademinas tem compromisso com a preservação do meio ambiente. A empresa atende a todos os portes empresariais e possui profissionais capacitados além de excelente infraestrutura. A Mademinas também tem como seu principal objetivo a preocupação com a origem florestal, garantindo que a madeira utilizada em seus produtos, seja oriunda do manejo florestal responsável de forma ecologicamente adequada, socialmente justa e economicamente viável, e no cumprimento de todas as leis vigentes.

“Permitimos ao consumidor que consuma um produto que não degrada o meio ambiente e contribui para o desenvolvimento social e econômico das comunidades florestais. A madeira produzida na Mademinas é proveniente de florestas nativas certificadas da Amazônia” finalizou, especificando: “garapeira, ipê amarelo, cambará, cumaru, cedrinho, roxinho, tauari entre outras”.


A empresa Mademinas está localizada na Avenida Clodoaldo García, 2412 - Vila Haro (Foto: Reprodução)


Na sede da Mademinas, existe “showroom” de moveis e outros produtos de madeira maciça que fica há disposição dos clientes (Foto: Thais Almeida)


O empresário, Wilmar Matoso Blam disse que veio de Coronel Sapucaia, na fronteira com o Paraguay. Na época trabalhava apenas com a madeira em atacado (Foto: Ricardo Ojeda)


O sócio proprietário da Mademinas, Alves Pereira, falou que a empresa sempre procurou qualificar a mão de obra para ter um padrão de qualidade na produção (Foto: Ricardo Ojeda)


A empresa possui estrutura com projetistas de móveis que desenham os esboços e projetos sem custo ao cliente (Fotos: Ricardo Ojeda)


Os sócios, Valdir Alves Pereira e Wilmar Matoso Blam, contaram que há 10 anos a Mademinas vem crescendo junto com a cidade (Foto: Ricardo Ojeda)

Uma parte da equipe de marcenaria que atua na fabricação de móveis e outros produtos de madeira e do setor administrativo  (Foto: Ricardo Ojeda)

Comentários