20/04/2018 17h13

Evento vai acontecer no dia 25 deste mês e é aberto ao público. Ao todo, centenas de espécies da planta estarão expostas e comercializadas para o Dia das Mães

Ricardo Ojeda

Sempre adepta a novas ideias, mais uma vez a Mademinas sai na frente para proporcionar o diferencial aos seus clientes. Dessa vez, a empresa “ousou um pouquinho” ao construir uma área verde em seu pátio. Um pergolado já foi instalado no local, faltando apenas concluir a plantação de um jardim, que servirá para receber os clientes, bem como servir de modelo e até de inspiração para quem está reformando a casa. Os profissionais, Felipe Muniz Lopes e Paulo Herinque da Rocha, da Mônaco Engenharia foram os profissionais responsáveis pelo projeto.

A Mademinas tem a disposição uma dinâmica equipe de profissionais para assessorar os clientes, desde o projeto dos moveis, portas, forros e até o telhado, como a fabricação e instalação das peças nos imóveis. É uma empresa completa!

ÚLTIMAS TENDÊNCIAS

Os sócios diretores, Wilmar Blan e Valdir Gaiteiro, estão sempre sintonizados com as últimas tendências do mercado para proporcionar um amplo cardápio de sugestões aos seus clientes.

Para o mês que antecede o Dia das Mães, eles vão promover uma exposição de Rosa do Deserto, que na realidade servirá de atrativo da inauguração do “Espaço Verde”, que deverá ser inaugurado no próximo dia 25, juntamente com a exposição das rosas.

EXPOSIÇÃO DE ROSA DO DESERTO

Segundo Valdir Gaiteiro, “a intenção de promover uma exposição de Rosas do Deserto é uma forma de antecipar o presente do Dia das Mães, mas também oferecer aos nossos clientes uma opção para seu jardim”.

De acordo com Gaiteiro, a última tendência de decoração na área verde da casa ou do escritório é com a Rosa do Deserto. “Pensando nisso, resolvemos unir o útil ao agradável. Adquirimos várias espécies da planta que ficarão em exposição no espaço verde a partir do dia 25. Quem quiser apreciá-las ou levar para casa para enfeitar o seu jardim, o valor será simbólico, apenas para pagar os custos”, reiterou.

As rosas serão fornecidas pelo viveiro Bonança, da empresária Laura Sant, da cidade de Rondonópolis (MT), que deverão chegar a Três Lagoas já no domingo próximo. Mais de uma centena das plantas serão expostas no Espaço Verde da Mademinas.

SAIBA MAIS

De acordo com matéria publicada no portal IG, da jornalista Bruna Bessi, a rosa-do-deserto não se parece nem um pouco com a tradicional rosa que muita gente planta no jardim. A flor de beleza exótica (e nome científico Adenium obesum) é originária do Sul da África e se encaixa na família das suculentas, assim como a planta-pérola e a rosa-de-pedra.

A espécie também encontrada no Brasil conta com uma enorme variedade de formatos e cores – há mais de cem opções diferentes, desde branco até vermelho intenso, o que desperta frisson entre os colecionadores de diversas partes do mundo.

PLANTA RESISTENTE

A planta é comercializada geralmente em vasos, pois apresenta um caule grosso que pode alcançar até um metro de diâmetro na base. A “barriga” volumosa permite que a espécie acumule água e nutrientes, um recurso que aumenta a sua sobrevivência em locais áridos.

O vigor da rosa-do-deserto também é observado por meio da altura que consegue atingir: até dois metros aos três anos de idade. A reprodução da espécie acontece por meio de polinização manual ou no sistema de mudas.

Felipe Muniz Lopes e Paulo Herinque da Rocha, da Mônaco Engenharia são os profissionais responsáveis pelo projeto do Espaço Verde da Mademinas (Foto: Reprodução)

Convite para a Exposição de Rosas do Deserto da Mademinas (Foto: Reprodução)

O espaço verde já está quase concluído, faltando apenas a aplicação das plantas e ornamentação (Foto: Ricardo Ojeda)

Algumas das variedades da planta que vão estar em exposição na Mademinas à partir do próximo dia 25 (Foto: Divulgação)

Comentários