Assassinato de mãe e filha há pouco em Ponta Porã, mobiliza as forças policiais da fronteira, e embora “acostumada” com seguidas ações de pistoleiros, a população se mostra assustada com esse crime

As informações ainda são mínimas, constando que a filha foi executada quando seguia para seu local de trabalho no Hospital Regional de Ponta Porã. Em seguida, a mãe foi atacada e morta no supermercado que trabalhava, distante cerca de 500 metros de onde a filha foi atacada.

O principal suspeito do crime é o ex-companheiro da mulher assassinada na porta do hospital. Antonio Cezar Cavalheiro Soares estava tendo constante desentendimento com as vítimas e não aceitava o fim do relacionamento.

Recentemente, a mulher teria registrado um boletim de violência doméstica na Polícia Nacional do Paraguai contra ele.

As Polícias Civil e Militar além de Perícia atendem os dois casos que será investigado pela Delegacia de Atendimento à Mulher e o suspeito está sendo procurado.

Crédito: Antonio Coca/ Fotos: Divulgação

Comentários