Evento oferecia lanches, presentes, atividades e a chegada do Papai Noel de helicóptero. Depois da repercussão e cobrança dos pais e funcionários, o passeio foi remarcado para a tarde desta quarta-feira (18).

G1 – Mais de 200 alunos da Escola Professora Paciana Torres De Santana, que foram selecionadas para conhecer a Arena Encantada, em Cuiabá, perderam o passeio no parque natalino nessa segunda-feira (16) por falta de transporte.

Os estudantes estavam entre as seis mil crianças carentes de Cuiabá e Várzea Grande, na região metropolitana, escolhidas para conhecer o local. A Arena Encantada conta com a Casa do Papai Noel, instalações interativas, Presépio, Floresta Encantada, Vila dos Doces e Vila das Fadas e Duendes.

O evento oferecia lanches, presentes, atividades e a chegada do Papai Noel de helicóptero.

Segundo o diretor da escola, Emanuel Frank, o transporte seria fornecido pelo governo. No entanto, o ônibus só chegou na unidade no final da tarde, às 17h30, quando deveria estar na escola às 13h30.

Arena Encantada, em Cuiabá — Foto: Christiano Antonucci/ Secom-MT
Arena Encantada, em Cuiabá — Foto: Christiano Antonucci/ Secom-MT

Os alunos, com idade entre seis a 12 anos, esperavam pelo passeio há um mês. A escola fica localizada no bairro Residencial Coxipó.

“A escola se preparou para esse evento e ficou mais de um mês conversando com os alunos e pedindo bilhete com autorização dos pais. Todos estavam cheios de esperança para ver o Papai Noel. Talvez, para alguns deles, seria o único presente que eles ganhariam”, lamentou o diretor.

O diretor disse que insistiu e cobrou o ônibus até que, somente no final da tarde, o ônibus chegou ao local. Como o evento terminaria às 19h, a direção decidiu cancelar a visita.

Arena Encantada, em Cuiabá — Foto: Mayke Toscano/Secom-MT
Arena Encantada, em Cuiabá — Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

Depois da repercussão e cobrança dos pais e funcionários, o passeio foi remarcado para a tarde desta quarta-feira (18).

Outro lado

As secretarias de Assistência Social e Cidadania (Setasc), de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), e de Educação (Seduc) e da Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família (Unaf), disseram, por meio de nota, que um problema no veículo que buscaria as crianças da unidade atrasou e foi prontamente substituído.

“Por conta do incidente, o ônibus chegou por volta das 15h, e não às 13h30, como estava previsto. O veículo foi até a unidade escolar e permaneceu por cerca de 20 minutos parado, aguardando a decisão da diretoria da escola, que optou por não mais liberar os alunos, apesar de o evento estar ainda no início”, reforçou o governo.

Ainda conforme o governo, embora as 270 crianças não tenham participado do passeio, o estado disponibilizará novamente estrutura para que os menores possam passear na Arena Encantada e receber os presentes.

Comentários