24.5 C
Três Lagoas
sexta-feira, 26 de novembro, 2021

MAIS DENÚNCIAS

30/01/2011 21h18 – Atualizado em 30/01/2011 21h18

Várias denúncias feitas por funcionários contra a Metalfrio estão chegando à redação do Perfil News

O Caldeirão ouviu alguns funcionários e confirmaram várias irregularidades e abusos praticados pelos encarregados mais graduados da fábrica

Caldeirão do Bolsão

MAIS DENÚNCIAS

Várias denúncias feitas por funcionários contra a Metalfrio estão chegando à redação do Perfil News. São comentários pesados e se tiver embasamento deve ser investigados pelas autoridades. O Caldeirão ouviu alguns funcionários e confirmaram várias irregularidades. Estamos de olho e em breve matéria na integra no site Perfil News.

CUMPRINDO CRONOGRAMA

Parece que a prefeita Márcia Moura (PMDB) engatou a 1ª marcha da sua administração. Desde que assumiu a vaga deixada por Simone Tebet, Márcia cumpria apenas o cronograma deixado pela ex-prefeita. Naquela época diziam que só em 2011 começaria a gestão Márcia.

CONTRATEMPO

Pois bem, já estamos 2011, fechando o mês de janeiro e até agora nada. Tudo bem que a prefeita teve contratempos, aliás, vários. Em setembro a cidade foi castigada por um ciclone extratropical, deixando um rastro de destruição e prejuízos na ordem de mais de R$ 9 milhões.

GUERREIRA

Antes disso, embora seja de caráter muito particular, Márcia vem lutando heroicamente com uma doença, às vezes letal, se não for bem tratada, que causa sofrimento em milhões de pessoas mundo afora.

REBELIÃO

Já em dezembro quase na virada do ano outra situação complicou mais ainda a gestão administrativa da prefeita. Uma rebelião, que tudo indica, orquestrada pelo vereador e antão presidente da Câmara Fernando Millan, e pasmem do mesmo partido da prefeita, deixou a prefeitura sem orçamento para 2011.

BALUARTES DA OPOSIÇÃO

Até então quase não se ouvia oposição na Câmara. Apenas Idevaldo Claudino (PT) e Ângelo Guerreiro (PDT), eram os dois baluartes oposicionista da administração. Só foi escolher a composição da nova Mesa Diretora para Milan chutar o balde.

COMÉDIA PASTELÃO

Depois disso, formou-se o G5, composto por Fernando Milan (PMDB), Idevaldo Claudino (PT), Jorge Martinho (PMDB), Celso Yamaguti (DEM) e Ângelo Guerreiro (PDT). Unidos os cinco parlamentares fizeram história. Eles foram os roteiristas, digno de uma comédia pastelão dos anos 60.

FAZENDO HISTÓRIA

Milan, emburrado, supostamente por não ter sido reconduzido à presidência da Câmara saiu de férias, não convocando os pares para a segunda votação do orçamento, deixando a prefeitura pela primeira vez da sua história sem dotação orçamentária para o ano.

PRIMEIRA CONVOCAÇÃO

2011 chegou e o vereador Nuna Viana assumiu a presidência e como primeiro ato da sua administração foi convocar os vereadores para sessão extraordinária, com pauta para a segunda votação do orçamento.

CARA A CARA

No dia da votação, o plenário da Câmara lotado. O município estava representado por diversos segmentos da sociedade três-lagoense. Até o pecuarista Claudio Totó, que só vai à Câmara quando é laureado ou quando recebe homenagem, fez questão de ir, sentando na primeira fileira, cara a cara com os parlamentares.

JUSTIFICATIVA

Os vereadores revezaram na tribuna com discursos que prendiam a atenção da platéia. A oratória da base aliada justificava a votação do orçamento na íntegra, enquanto a retórica dos integrantes do G-5, tentando justificar por que queriam engessar o orçamento.

RETÓRICA

Depois de tantas discussões recheadas com retóricas poucos convincentes, a base oposicionista acabaram por votar o orçamento na íntegra. Fizeram tanto barulho por nada. Vieram com um canhão e o tiro foi semelhante ao estampido de uma bombinha track.

EXPLICANDO

Pois bem. O titular da Coluna precisou de vários toques para explicar detalhadamente as agruras que a prefeita Márcia Moura vem sendo submetida nos últimos meses. Deve ser por isso, que ainda ela não tenha conseguido emplacar sua gestão administrativa.

SÍMBOLO DA SORTE

A única ação da prefeita nesse sentido foi o lançamento do novo logotipo da administração, representada por um trevo de quatro folhas, que simboliza saúde e sorte.

OPERAÇÃO

Em fevereiro, como já está sendo exaustivamente divulgado inicia a operação “Cidade Limpa”, que tem data para começar, 20 de fevereiro. A meta é promover uma faxina geral na cidade. Os terrenos baldios serão fiscalizados e caso não estiver limpos, os proprietários desses imóveis serão autuados para em 30 dias fazer a limpeza do local. Depois disso é multa.

PULSO FIRME

Quem sabe a era Márcia Moura não esteja começando a partir dessa ação. Para dar certo, ela terá que ter pulso firme e muita determinação. A cidade está suja e esburacada necessitando com urgência passar por uma faxina. Quem não colaborar deve ser penalizado.

GRANDE ARTICULADOR

Ninguém duvida do poder de articulação do governador Puccinelli. E agora, mais uma vez mostra sua habilidade política. Ele encarregou sua vice, Simone Tebet, de coordenar as ações estratégicas do Estado, já pensando nas eleições de 2014.

FORÇA POLÍTICA

Com Simone percorrendo o Estado, com o intuito de fiscalizar as principais obras do Governo, ela ganhará projeção e força política. Com isso, a vice-governadora terá musculatura suficiente para encarar a única vaga ao senado em 2014.

COMPROMISSO MORAL

Com Simone no senado, André cumpre seu compromisso moral com a família Tebet, já que foi ex-senador Ramez Tebet, o padrinho político dele. Por outro lado, Puccinelli fica livre e desimpedido para apoiar seu candidato a governo, que tudo indica poderá ser o senador Delcídio Amaral (PT). Quem viver, verá.

PONTO DE INTERROGAÇÃO

O ponto de interrogação desse raciocínio é como fica Nelsinho Trad nessa história toda?

HISTÓRIA POLÍTICA

O ex-governador Pedro Pedrossian foi a personalidade entrevistada do Correio do Estado, edição de domingo. Para quem gosta de política a leitura é obrigatória. É uma aula de bastidores da história política do Estado. Pedrossian governou Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

EXPLOSÃO

Quase no final da entrevista, ele citou a industrialização de Três Lagoas como uma explosão, elogiando a administração da então prefeita Simone Tebet, mas que foi ajudada pelo tempo e pelas circunstâncias.

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.