27.2 C
Três Lagoas
quinta-feira, 2 de dezembro, 2021
InícioColunistasCaldeirão do BolsãoMANIFESTAÇÃO DAS ENTIDADES

MANIFESTAÇÃO DAS ENTIDADES

Integrantes de várias entidades representativas de Três Lagoas vão promover um protesto amanhã às 15hs30. A concentração será em frente praça senador Ramez Tebet e seguirá em carreata até o Hospital Regional

(*) Ricardo Ojeda

PAUTAS DA MANIFESTAÇÃO

Na realidade a manifestação terá duas pautas de reivindicações; a primeira é sobre a proposta de ajuda aos comerciantes. A ACIT elaborou um documento contendo alguns itens no qual o Governo do Estado possa auxiliar os empresários.

ALÔ GOVERNADOR!

Esse documento já foi enviando o Governador Reinaldo Azambuja para que ele delibere com sua equipe administrativa, se vai ou não ser parceiro da classe empresarial nesse momento tão difícil que a classe está passando.

CADÊ O HOSPITAL?

A segunda reivindicação é pela conclusão imediata do Hospital Regional, uma portentosa obra de R$ 56 milhões que está parada deste janeiro deste ano. O empreendimento hospitalar está com mais de 90% da obra concluída.  

ESTRUTURA

O hospital possui uma estrutura de 138 leitos, distribuídos em 3 pavimentos, além de dezenas de UTI’s. Enfim, é um hospital de referência que após entrar em operação vai desafogar o atendimento da saúde, não só de Três Lagoas, como dos demais municípios da região Costa Leste de Mato Grosso do Sul.

ADIAMENTO SUCESSIVOS

Infelizmente, a entrega já foi adiada sucessivas vezes. Até momento já foram 4 anos de obras, quando estava programado para ser entregue em dois anos.  

CRONOGRAMA

A conclusão da obra do hospital estava prevista para dia 30 de março de 2019. Porém o prazo foi estendido para uma segunda data, 31 de outubro de 2019. A terceira programação de entrega foi para 31 de março de 2020, também não aconteceu. A quarta vez a entrega foi prorrogada para 30 de junho de 2020, mas também não se concretizou.

IGUAL NOVELA

E a novela da inauguração prosseguiu, sendo adiada para o primeiro trimestre de 2021, mas também não realizou. Agora, de acordo com secretário de Infraestrutura (Seinfra), Eduardo Riedel a inauguração do hospital vai ocorrer esse ano, porém não precisou a data.

OBRA ELEITOREIRA

Se as autoridades do município, bem como a sociedade e as entidades de classe não se manifestarem, tudo indica que o Hospital Regional de Três Lagoas só seja inaugurado em 2022, ano que coincide com o período eleitoral.

CARTÃO POLÍTICO

Até o tucunaré sabe que Azambuja quer eleger o secretário Eduardo Riedel como seu sucessor e com certeza o hospital será um excelente cartão de visita que vai dar visibilidade política ao seu candidato.

PLANILHA NEFASTA

Só que Azambuja não contava com o avanço da pandemia em Três Lagoas, onde diariamente vem apresentando uma nefasta planilha de vários óbitos e centenas de infectados. Só nesta terça-feira, mais 4 pessoas perderam a vida em decorrência do vírus, além de 458 pessoas com testagem positiva.

NÚMEROS PREOCUPANTES

Com números tão preocupantes, os hospitais e o UPA colapsaram e a prefeitura está se virando nos 30 para poder atender a demanda da saúde.

É CRIME

Diante dessa caótica situação, um hospital com toda aquela estrutura praticamente pronto, é inadmissível que as obras estejam paralisadas deste o início do ano. Isso é um crime que deveria ser investigado pelo Ministério Público Estadual.

OBRA ABANDONADA

Um empreendimento que tinha mais de 250 trabalhadores atuando no local, hoje, infelizmente tem apenas uma pessoa da empreiteira SIAL, além de 4 vigilantes que se revezam em turnos para proteger o imóvel. Só falta os ladroes de fios e cabos de alta tensão visitar o local e fazer uma limpa.

ALÔ MP!

Com a palavra os dinâmicos, implacáveis e destemidos representante do Ministério Público para cobrar providências de governador Reinaldo Azambuja.

CADÊ OS VEREADORES?

Inclusive, o titular do Caldeirão ao ficar incomodado com essa situação, gravou um vídeo que teve grande repercussão em Três Lagoa e no Estado. Infelizmente, com exceção dos vereadores Davis Martinelli, Cassiano Maia e Sayuri Baez, nenhum outro se manifestou sobre o tema, mostrando com isso “uma provável submissão ou talvez, falta de saco roxo” para cobrar providências do Governo do Estado.

MUDOS E CALADOS

Ao que eu saiba, até a senadora Simone Tebet, bem como seu marido, o deputado estadual, Eduardo Rocha não se pronunciaram sobre o assunto. Se fizeram não chegou ao meu conhecimento.

FRASE DO MOMENTO  

“Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada”

(Edmund Burke)

O promotor de Justiça, Luciano Anechini Lara Leite, da 9ª Promotoria de Justiça de Três Lagoas tomou conhecimento de potencial e irregular ação em aplicação de vacina no Município, por meio de um vídeo que circulou nesse final de semana, e vem a público informar que requisitou a instauração de inquérito policial para apurar potencial tentativa de homicídio com dolo eventual, qualificado pelo perigo comum, e agravado porquanto praticado em período de pandemia declarada.

E O CASO DA VACINA VIRALISOU

De acordo com nota divulgada na noite desta terça-feira, o representante do MP suspeita que o vídeo realizado tenha havido conduta irregular, qual seja, o servidor municipal, aproveitando-se de sua condição, deixou de aplicar regularmente o imunizante em pessoa da faixa de risco e de atendimento prioritário, assumindo o risco de que ela possa contrair doença iminentemente fatal, além de expor terceiros a perigo de contaminação, ao que consta para favorecer terceiros, furando a ordem de preferência no atendimento do Plano Nacional de Imunização. A irregularidade foi confirmada pela Secretaria de Saúde.

MEDIDAS CABÍVEIS

A ocorrência ainda pode sinalizar lacuna no procedimento, dando margem a que inescrupulosos se aproveitem da situação e da limitação de insumos para o próprio benefício financeiro, em detrimento da segurança e da saúde da população. As Promotorias de Justiça com atuação na Saúde e na Força-Tarefa da Covid em Três Lagoas também foram provocadas para adotar as medidas que entendessem cabíveis, e já há notícia de comunicação ao COREN para reforçar os procedimentos devidos no manuseio e trato de produto biológico sensível, como a vacina para a covid-19, e providências quanto à auditoria das doses aplicadas e insumos disponíveis.

PROVIDÊNCIAS SERÃO TOMADAS

A nota informa ainda que a população de Três Lagoas e região pode ficar tranquila, já que todas as providências serão tomadas para evitar que pessoas inidôneas, aproveitando-se da situação grave em que nos encontramos, prejudiquem a população já tão sacrificada com a pandemia, nem coloquem em risco a saúde pública, abusando de eventuais pontos críticos no sistema de vacinação, em proveito próprio ou de terceiros.

CELERIDADE

Parabenizo e celeridade do promotor em apurar os fatos, o oxalá, após concluída a investigação posso trazer à luz o que realmente aconteceu. Caso a profissional de saúde seja inocente, o resultado será um atestado importantíssimo para ela embasar as ações de danos morais às pessoas irresponsáveis que denegriram sua imagem nas redes sociais.

DINAMISMO

Porém, a sociedade agradeceria se o nobre representante do Ministério Público tivesse o mesmo discernimento e dinamismo para cobrar do Governo do Estado o motivo da obra do Hospital Regional estar parada desde o início do ano, enquanto não existem leitos disponíveis para atender os pacientes infectados pelo coronavírus.  

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.