15/04/2016 17h16 – Atualizado em 15/04/2016 17h16

Em Mundo Novo, rodovia que ficou mais tempo bloqueada, o protesto durou 7h26min. Possivelmente o movimento seja reforçado no sábado e no domingo nas principais rodovias do País

Daniela Silis

As rodovias do estado do Mato Grosso do Sul que foram bloqueadas por manifestantes do Movimento Sem Terra (MST) já foram liberadas, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal. A BR-163, no município de Mundo Novo, foi a via que ficou interditada por mais tempo, totalizando 7h26min.

A última rodovia a ser liberada foi a BR-163, no quilômetro 29, que fica no município de Mundo Novo. O bloqueio, que começou as 5h30 de hoje, sexta-feira (15), teve fim apenas às 14h. Em Terenos, a interdição durou 2h42min, em Nova Andradina, uma das últimas cidades a aderir o movimento, durou 2h43min. Os bloqueios causaram congestionamentos de mais de três quilômetros em cada rodovia.

MANIFESTAÇÃO

O Movimento Sem Terra (MST) bloqueou várias rodovias do estado do Mato Grosso do Sul entre a manhã e tarde dessa sexta-feira (15), entre elas Mundo Novo, Terenos, Nova Andradina e Casa Verde. No Distrito de Anhanduí, em Campo Grande, houve uma aglomeração, mas a via não foi interditada. Outras manifestações também ocorreram todo o Brasil.

Os manifestantes apoiavam a presidente Dilma Rousseff, que tem processo de impeachment em trâmite na Câmara dos Deputados e que terá votação nesse domingo (17). Eles também reivindicavam o cumprimento da democracia, dizendo que o processo de impeachment é um golpe de estado e um atentado à democracia do país.

Os manifestantes apoiavam a presidente Dilma Rousseff e reivindicavam o cumprimento da democracia (Foto: Reprodução/TV Morena)

Comentários