10/04/2014 15h04 – Atualizado em 10/04/2014 15h04

Para que a manipulação de alimentos e bebidas seja realizada de forma higiênica a Vigilância Sanitária de Três Lagoas esteve no Arena Mix para esclarecer aos profissionais que vão cuidar do setor sobre o que manda a Lei Municipal

Léo Lima

Os cuidados com os alimentos e bebidas que vão ser oferecidos ao público presente no espaço Arena Mix, por conta da abertura do Campeonato Brasileiro de Motocross, nos dias 12 e 13 próximos, foram uma das exigências que a Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde de Três Lagoas fez aos organizadores do evento.

Na manhã desta quinta-feira (10), uma equipe da Vigilância Sanitária esteve no Arena Mix para reunião com a organização do evento e as pessoas que vão trabalhar nas áreas de comercialização de alimentos e bebidas e limpeza.

“Nós mesmos procuramos o pessoal da Vigilância Sanitária para que instruísse nossas equipes que trabalharão durante o evento, pois temos a responsabilidade de garantir que tudo seja feito buscando a qualidade dos serviços e dos produtos”, assegurou o jornalista Ricardo Ojeda, que compareceu na reunião. Ele, junto com o promotor Antônio Carlos Garcia de Oliveira, comanda a organização desta etapa do campeonato em Três Lagoas.

EXIGÊNCIAS

De acordo com o que determina o Código de Postura do Município, na questão Higiene Pessoal, àqueles que vão manipular alimentos e bebidas são exigidos: uso de gorro, jalecos limpos, luvas, máscaras, unhas curtas e sem esmalte, barba feita, sapato fechado.

Na questão Higiene do Ambiente: estrutura física interna de cor clara e em bom estado de conservação; lixos deverão ser acondicionados em sacos plásticos dentro de lixeiras com tampa e pedal, depositados em local destinado para coleta pública.

Armazenamento de Alimentos: frios e embutidos deverão estar acondicionados em vasilhas plásticas com tampa, dentro de geladeira, temperatura entre 2°C e 8°C ou freezer.

Na questão das Bebidas: os recipientes (latas e garrafas) deverão ser lavados com água e sabão antes de serem colocados para refrigeração – freezer e geladeira deverão estar limpos e em bom estado de conservação; o gelo utilizado deverá conter em sua embalagem a procedência como: fabricante, CNPJ, endereço, conteúdo, data de fabricação, prazo de validade e ser fabricado com água tratada.

São também exigências (Proibição) que os manipuladores usem adornos com anéis, pulseiras, relógios e outros. É proibido o uso só de boné pelos manipuladores de alimentos (podendo ser colocado por cima do gorro). É também proibido armazenar e acondicionar bebidas e alimentos juntos no mesmo local (freezer ou geladeira), assim como utilizar bisnagas plásticas com condimentos para alimentos e também maionese caseira.

Será permitido o uso de mostarda, catchup e maionese, acondicionados em embalagens individuais e descartáveis (sache).

A Vigilância Sanitária fará rigorosa fiscalização dos alimentos servidos, observando data de validade, procedência e acondicionamento.

Servidora da Vigilância Sanitária explica sobre a manipulação correta dos alimentos e bebidas (Foto: Perfil News)

Os profissionais que vão trabalhar no evento ouviram atentamente as explicações do pessoal da Vigilância Sanitária (Foto: Perfil News)

Comentários