15/05/2015 16h20 – Atualizado em 15/05/2015 16h20

Para a prefeita, investimento reaquecerá a economia da Cidade

Assessoria

A prefeita Marcia Moura (PMDB) comemorou nesta sexta-feira (15) o anúncio oficial feito pela Fibria em ampliar sua linha de produção de celulose no Município. A Eldorado Brasil Celulose, outra fábrica de celulose, informou no início deste mês que dentro dos próximos dias iniciará a construção de uma nova linha de produção.

“Com isso, Três Lagoas será uma das poucas cidades do Brasil que mesmo no momento de crise que passamos, receberá dois grandes empreendimentos que injetará R$ 16 bilhões de reais em nosso Município”, disse a Prefeita.

A Eldorado fará o investimento de R$ 8 bilhões de reais, na qual terá uma nova linha de produção com capacidade para 2 milhões de toneladas do insumo por ano, tornando-se o maior complexo industrial de celulose e fibra curta do mundo. Os trabalhos de terraplanagem devem ocorrer ainda no primeiro semestre e operação da nova unidade deverá ter início no primeiro semestre de 2018.

Do montante de investimento anunciado, 70% são oriundos de linhas de financiamento e 30% de capital próprio (equity).
Já a Fibria, com o Projeto Horizonte 2, terá com a sua nova linha de produção a capacidade de 1,75 toneladas de celulose por ano. Somando com a produção atual, a unidade de Três Lagoas chegará a uma capacidade total de 3 milhões de toneladas/ano, transformando-se em um dos maiores sites de produção de celulose e eucalipto do mundo.

Para o projeto, serão investidos R$ 7,7 bilhões, sendo recursos próprios e financiamentos de diversas fontes, entre elas o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), agências de créditos de exportação (ECAs), Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste, bancos comerciais e mercado de capitais. A previsão de entrada da nova capacidade de produção de celulose no mercado é 2018.

Para a prefeita, os investimentos feitos em Três Lagoas fortificam ainda mais a Cidade que é a capital mundial da celulose. “O comércio e a rede hoteleira reaquecem e os micros, pequenos, médios e grandes empreendedores passam a ter esperança de uma economia melhor em Três Lagoas.

Estou muito feliz e a Administração Municipal está sempre aberta para ajudar no melhor para a nossa Cidade”.
A prefeita também informou que em breve estará em contato com os presidentes das duas empresas e que fará uma visita em São Paulo para tratar mais detalhadamente sobre as compensações mitigatórias que o Município terá com a ampliação das duas fábricas

(*) Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Três Lagoas

Recentemente, Marcia Moura participou do MS Florestal, em Campo Grande, onde falou das potencialidades do Município na área da celulose e eucalipto. (Foto: Arquivo/Assessoria)

Comentários