Apesar dos esforços da equipe médica, que realizou cesárea de emergência, o bebê morreu na manhã de hoje; mulher continua em estado grave

Por “pura ignorância” um homem esfaqueou a mulher grávida de 28 semanas, enquanto ela dormia, na madrugada de hoje, 10, em Três Lagoas.

O caso aconteceu no condomínio Cleide Maria, por volta das 2h20. De acordo com o boletim de ocorrência, um vizinho ligou relatando que havia sangue no corredor do condomínio em frente o apartamento 302.

Enquanto a equipe se dirigia até o local, chegou a informação de que, no hospital Nossa Senhora Auxiliadora, havia chegado um casal com ferimentos de faca.

A polícia, então, foi direto para o hospital. Lá, constataram que a vítima, grávida de 28 semanas, estava em estado grave e corrida risco de morte. O autor também estava com um ferimento leve de faca no ombro esquerdo.

Segundo o homem, o crime ocorreu “por motivo fútil, pura ignorância dele”. Ele afirmou que o ferimento que havia em seu ombro foi feito pela mulher.

A polícia, então, foi até o apartamento em busca da arma do crime. Lá, encontrou duas facas no chão e preservou a cena para a perícia.

“Cuida das minhas filhas porque eu vou morrer”

Uma testemunha viu quando a vítima se arrastava no corredor, sangrando. Também viu o agressor no interior da residência. Quando o homem viu alguém havia presenciado o crime foi socorrer a vítima, pegando o carro dela e a levando para o hospital.

Ainda segundo a testemunha, a mulher ainda pediu para ele cuidar das duas filhas, pois ela iria morrer. A pessoa, então, ligou para o irmão da vítima que foi até o local e pegou as duas meninas e as levou para a casa dele.

Boletim médico

De acordo com boletim médico divulgado pelo Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, “R.C.S, 41 anos deu entrada no dia 10 de novembro às 03h24, vítima de ferimento por arma branca no pescoço, paciente gestante, chegou instável hemodinamicamente, ela foi atendida, medicada, realizou exames, foi feito uma cesárea de emergência devido a gravidade dos ferimentos e uma bradicardia e risco fetal. A cirurgia ocorreu sem intercorrências. O RN nasceu com vida. A mãe recebeu os atendimentos e está entubada. Estado de saúde é considerado grave.”

No entanto, na manhã de hoje o Hospital divulgou que o bebê não resistiu e acabou morrendo às 6h30. Era um menino.

Comentários