Estado ocupa o segundo lugar entre as piores taxas de isolamento social do país, só perdendo para o Tocantins; MS também registrou o segundo óbito pela doença

Deu um salto o número de casos confirmados de Covid-19 no Mato Grosso do Sul. Em boletim divulgado há pouco pela Secretaria de Saúde, o Secretário Geraldo Resende e a Secretária Adjunta, Christine Maymone, anunciaram que o estado já acumula 80 casos confirmados de Covid-19. São 14 novos casos de ontem para hoje.

Além disso, foi confirmado o segundo óbito do estado causado pelo coronavírus: uma mulher de 66 anos, residente em Batayporã.

Os novos casos registrados de ontem para hoje foram: Nova Andradina (+6), Campo Grande (+4), Batayporã (+1 óbito confirmado) e Chapadão do Sul (+1). Corumbá (1) e Sonora (1) registraram seus primeiros casos confirmados.

O avanço do número de casos acontece bem no momento em que algumas cidades, como Campo Grande – principal foco da doença no estado – tentam reabrir as portas do comércio. “É preocupante, porque vemos um número cada vez maior de pessoas nas ruas”, afirmou Maymone.

Medidas restritivas

De acordo com Geraldo Resende, os prefeitos de Nova Andradina e Batayporã foram procurados e orientados a adotar medidas mais restritivas nas cidades que mostram números crescentes de casos.

Batayporã, com seis casos confirmados, é também a cidade de residência dos dois óbitos registrados no estado; Nova Andradina tem nove casos e só fica atrás de Campo Grande, com 48 casos.

Lugar desonroso

Em ranking divulgado pela Secretaria de Saúde hoje, o Mato Grosso do Sul ocupa o desonroso segundo lugar de adesão às medidas de isolamento. Apenas em Tocantins as pessoas cumprem menos o isolamento social.

Secretário Geraldo Resende apresenta números de MS na guerra contra a Covid-19. Reprodução.

Comentários