20/06/2015 10h36 – Atualizado em 20/06/2015 10h36

Ao todo, foram gerados 534 postos em todo o Estado somente em maio, com destaque para o município de Maracaju, seguido por Rio Brilhante e Sidrolândia

Redação

“Mato Grosso do Sul foi o Estado que mais criou vagas de emprego no mês de maio em todo o País em 2015”. Essa informação foi passada pelo ministro do Trabalho e Emprego (MTE), Manoel Dias, em visita à Campo Grande ontem, sexta-feira (19).

Ao todo, foram gerados 534 postos de trabalho em todo o Estado somente no mês de maio, com destaque para o município de Maracaju, que teve um saldo de 77 empregos gerados em maio, e lidera o ranking dos municípios com mais de 30 mil habitantes, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Outros municípios que merecem destaque com relação ao número de postos de trabalho são Rio Brilhante, Sidrolândia, Corumbá, Aquidauana, Coxim, Amambai e Ponta Porã.

No Estado, o setor responsável por gerar o maior número de vagas de trabalho em maio foi o setor da agropecuária, com 754 vagas. No acumulado do ano, o setor registrou a criação de 1586 postos de trabalho em Mato Grosso do Sul. Outro setor que merece destaque na geração de emprego é o de serviços, com 2.678 vagas de trabalho criadas ao longo de 2015.

O ministro Manoel Dias destacou o desempenho do setor da agropecuária na questão da geração de empregos. Ele ainda acredita que os ajustes produzidos pela equipe econômica possam trazer a retomada de crescimento e o país consiga gerar mais vagas de trabalho.

“Nos últimos 12 anos foram criados 21 milhões de postos de trabalho, porém é preciso ajustar a economia para que possamos continuar gerando vagas formais. Somente o FGTS vai aportar esse ano cerca de R$ 70 bilhões, que vai beneficiar, principalmente, o setor da construção civil”, lembrou.

(*) Noticias MS

O setor que mais empregou no Estado foi agropecuária. (foto: Divulgação)

Comentários