27/03/2012 08h13 – Atualizado em 27/03/2012 08h13

Da Redação*

O senador Delcídio do Amaral(PT) obteve do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a garantia de que o governo federal vai liberar ainda este ano os recursos necessários a implantação do centro de diagnóstico precoce de câncer

O projeto envolverá inicialmente 39 municípios da Grande Dourados e do Vale do Ivinhema , e prevê a construção de um centro de triagem em Nova Andradina e a montagem de uma unidade móvel quer percorrerá as duas regiões, onde vivem hoje 726 mil habitantes.

Em ambas as unidades serão instalados equipamentos capazes de realizar exames preventivos de vários tipos de câncer, entre eles os de mama, cólo de útero, pele e próstata. O investimento total nas duas unidades chega a R$ 12 milhões, que virão de uma emenda de Delcídio, incluída no Orçamento da União de 2012.

“Com o sinal verde do ministro vamos batalhar agora para concluir o projeto e correr através da liberação da verba no Ministério da Saúde”, afirmou o senador.

Conforme Delcídio, o centro de triagem será utilizado como porta de entrada no sistema. As duas unidades servirão como base para campanhas de conscientização da população sobre a necessidade de se fazer regularmente os exames preventivos, além de disporem de equipamentos para a realização de mamografias, papanicolau , PSA e toque retal (próstata) e o exame clínico do cancer de pele.

À medida que os casos forem sendo diagnosticados, os pacientes serão encaminhados para outros locais de tratamento. Os casos mais simples irão para hospitais já existentes ou em construção nas cidades de Dourados e Campo Grande, que , por sua vez, receberão suporte financeiro para os procedimentos.

Os mais complexos continuarão sendo encaminhados para Barretos . Tudo isso sera feito com recursos do SUS (Sistema Único e Descentralizado de Saúde).

(*) Com informações do Correio news

Comentários