29/08/2014 15h59 – Atualizado em 29/08/2014 15h59

Mayra Aguiar fatura a primeira medalha de ouro do Brasil no Mundial de Chelyabinsk

Impecável, judoca sagrou-se campeã pela primeira vez na categoria até 78kg

Da Redação

O Brasil conquistou nesta sexta-feira sua primeira medalha de ouro no Campeonato Mundial de Chelyabinsk, na Rússia. A responsável pelo feito foi Mayra Aguiar (78kg), que pela primeira vez na carreira conseguiu este título. Na final, ela derrotou a francesa Audrey Tcheumeo, campeã mundial em 2001 e bronze nos Jogos de Londres 2012.

Esta foi a quarta medalha de Mayra em Mundiais – ninguém mais subiu ao pódio pelo país nesta competição. Até então, ela tinha dois bronzes e uma prata. A judoca, a exemplo de Tcheumeo, fora ainda medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Na ocasião, acabou perdendo a vaga na final com uma derrota para a norte-americana Kayla Harrison, de quem se vingou em Chelyabinsk com uma vitória inconstestável também na semifinal.

A medalha de Mayra foi a segunda do Brasil neste Mundial. Até então, Erika Miranda, bronze na categoria até 52kg, fora a única a subir ao pódio. Ao todo, o país chegou a seis ouros em toda a história dos Mundiais. O último fora com Rafaela Silva (57kg), no Mundial do Rio 2013.

A CAMPANHA

Mayra estreou no Mundial derrotando sem dificuldades a italiana Assunta Galeone. Nas oitavas, despachou também sem problemas a espanhola Laia Talarn. Em seguida, nas quartas, foi a vez de bater com autoridade a russa Alena Kachorovskaya.

Nas semifinais, o confronto seria contra Kayla Harrison, sua algoz nos Jogos Olímpicos de Londres. Desta vez, no entanto, a brasileira foi soberana. Dominou a pegada da adversária e conseguiu projetar a norte-americana duas vezes: primeiro um yuko e depois um wazari.

Na final, Mayra não perdeu a pegada. Um wazari a 2m20 do fim a colocou em vantagem sobre a francesa Audrey Tcheumeo. Depois dali, restou à brasileira administrar a luta e comemorar seu primeiro ouro em Mundiais.

Também nesta sexta-feira, outros dois brasileiros entraram em ação. Bárbara Timo (70kg) perdeu na segunda rodada para a colombiana Yuri Alvear, que viria a conquistar o tricampeonato mundial. Já Tiago Camilo (90kg) não passou pelo sérvio Dmitri Gerasimenko logo na estreia.

(*) Com informações de Ahe Brasil

Mayra Aguiar comemora após vencer a francesa Audrey Tcheumeo na final  (Foto: Divulgação/IJF)

Comentários