26.5 C
Três Lagoas
quinta-feira, 18 de agosto, 2022
InícioColunistasCaldeirão do BolsãoMETAS DO EXECUTIVO PARA 2021

METAS DO EXECUTIVO PARA 2021

O prefeito Angelo Guerreiro e seu vice, Paulinho Salomão, entregaram ao presidente da Câmara um caderno com o relatório das ações e investimentos que o prefeito tem como meta implantar ainda este ano

(*) Ricardo Ojeda

RELATÓRIO

Guerreiro fez questão de repetir o procedimento individualmente com cada vereador, posando para as fotos e vídeos dos profissionais da imprensa que prestigiavam a sessão. Provavelmente penso que um exemplar do relatório será entregue para cada edil.

ACESSO LIMITADO

Pelo fato que marcou a abertura dos trabalhos legislativos, a sessão foi realizada no plenário e transmitida ao vivo. Mas poucas pessoas estavam presentes, dos quais alguns assessores dos vereadores, imprensa o prefeito e o vice. Ninguém mais.

SEM AGLOMERAÇÃO

Antes que alguém fale que ocorreu aglomeração, antecipo que foram adotados e obedecidos todos os protocolos de segurança, entre os quais o espaçamento das cadeiras e todos de máscara, além de álcool em gel à vontade.

ON LINE

Por conta da pandemia as próximas sessões não serão presenciais, mas por prevenção continuarão on-line, como já vinham sendo realizadas.

LOOK

Uma coisa que me chamou a atenção foram as pessoas diferentes que estavam no plenário, algumas inclusive usavam uniformes com a logomarca da vereadora Sayuri Baez. E não era simples camisetinha: as assessoras usavam camisa de manga comprida, confeccionada com tecido de ótima qualidade na cor azul. Realmente um primor e bom gosto.

BELOS ATRIBUTOS

Outras assessoras também chamaram a atenção, mas mais pela beleza e elegância do porte físico. Tinha uma que era de parar o trânsito. Sem medo de errar, a cota de cafezinho do gabinete no qual ela atua com certeza terá que ser revista, devido à quantidade de visita do público masculino ao local.

TRAQUEJO

O presidente da Câmara, Cassiano Maia, mostrou que está bem afinado no comando da mesa diretora. Embora seja seu primeiro mandato, soube conduzir com maestria a sessão, mostrando traquejo e desenvoltura.

UM SHOW DE ELEGÂNCIA

A vereadora Sayuri Baez estava toda estilosa, chamando a atenção pela cor patriótica do seu terninho amarelo. De cabelos soltos, bem maquiada, ela se apresentou à altura que o cargo merece.

SUCINTA

Na tribuna o discurso da japonesa foi sucinto, direto e objetivo. Soube em poucas palavras passar uma mensagem pregando compromisso, responsabilidade e harmonia com seus pares.

HUMILDADE

Outro discurso que chamou a atenção foi o Davis Martinelli. Olhando para o prefeito Guerreiro ele enfatizou que na legislatura passada fez muitas críticas à administração, porém foi humilde quando reconheceu que a cidade está bem administrada e que o prefeito está fazendo um bom trabalho.

MATURIDADE POLÍTICA

Davis fez esta observação dizendo que o segundo mandato lhe deu mais maturidade e agora consegue enxergar as coisas com uma visão menos crítica: “Então o que for bom para a população terá o meu apoio, porém vou reservar meu direito de criticar as coisas que eu entender que não trará benefícios ao município”.

CONCILIATÓRIO

Alguns presentes acharam que o médico Paulo Veron fosse rasgar o verbo em seu discurso, porém quando chegou a sua vez de subir na tribuna fez uma explanação conciliatória, colocando inclusive à disposição do prefeito para ações na Saúde, que é a sua área.

HARMONIA

Os demais vereadores usaram a mesma retórica, empregando as palavras “harmonia, responsabilidade e trabalho”. Se assim for, teremos uma Câmara mais harmoniosa sem aquelas críticas rançosas que não levam a nada.

ELEGÂNCIA E RESPONSABILIDADE

Isso não quer dizer que os vereadores não vão usar da prerrogativa de fiscalizar as ações e projetos do executivo e até do legislativo, como já fez o Paulo Veron. Existem meios e formas de fazer isso com elegância e responsabilidade, sem baixar o nível.

REPERCUSSÃO

Paulo Veron inclusive divulgou um vídeo cobrando o motivo da presidência da Câmara ter assinado um aditivo com a agência Agilitá. A publicação ganhou repercussão nas redes socais, levando ao êxtase algumas pessoas que têm múltiplos orgasmos quando veem críticas em redes sociais.

ESCLARECENDO

O vereador chegou a comentar que a imprensa local não teria dado espaço para ele se manifestar sobre a pauta. Diante disso abri espaço para o nobre edil manifestar-se e através de uma live alguns pontos foram esclarecidos, dissipando uma névoa que impedia dar mais transparência ao procedimento da diretoria do legislativo. Veja a aqui a entrevista.

TRANSPARÊNCIA

Falando em transparência, no ano passado a Câmara devolveu à prefeitura R$ 3.400.000,00 (três milhões e quatrocentos mil reais). Para esse ano, de acordo com André Bacallá existe uma previsão devolução de R$ 5 milhões.

CADÊ O MEU?

O salário dos 17 vereadores totaliza mensalmente R$ 170.340, fora os 20% de impostos e INSS da parte da fonte pagadora. Descontados os impostos previstos em lei, cada vereador recebe líquido R$ 7.598,41.

JÁ TÁ NA CONTA

Inclusive o salário de janeiro dos vereadores já foi depositado no último dia 26. Todos receberam, inclusive os de primeiro mandato. Sobre isso questionei o Paulo Veron, se ele achava justo ter recebido salário de janeiro sem ter trabalhado. Ele alegou que embora a câmara estivesse em recesso ele já estava trabalhando, participando de reuniões, colhendo informações e subsídios para embasar seus projetos.

PORTAL DA TRASNPARÊNCIA

Essas e outras informações podem ser encontradas no portal da transparência no site da Câmara Municipal de Três Lagoas.

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.