13/02/2012 11h16 – Atualizado em 13/02/2012 11h16

Em solidariedade a todos os colegas da imprensa que perderam neste último domigo (12), de forma brutal, o jornalista de Ponta Porã, Paulo Rocaro, a diretoria da FETEMS emitiu uma moção de pesar

Assessoria de Comunicação

A diretoria da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) é solidária a dor dos familiares, amigos e companheiros de luta do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Mato Grosso do Sul e do Clube de Imprensa de Ponta Porã, que perderam, neste último domingo, 12 de fevereiro, de maneira brutal, vítima de atentado, o jornalista e escritor Paulo Roberto Cardoso Rodrigues (Paulo Rocaro), que atuava como editor chefe do Jornal da Praça e do site Mercosulnews.

Esperamos que os órgãos de justiça investiguem o caso e que os culpados paguem pelo crime que comentaram. É indignante saber que por lutar em defesa da liberdade de imprensa, denunciando a verdade diariamente através dos meios de comunicação, um profissional como Rocaro tenha perdido a sua vida.

De acordo com relatório divulgado pela FIJ (Federação Internacional dos Jornalistas), durante o ano de 2011, 106 trabalhadores de comunicação (seis brasileiros) foram assassinados e em 2010 foram 94 vítimas. A luta agora é para que a violência contra o jornalista Paulo Rocaro não seja mais uma nas estatísticas sem resolução em nossa fronteira.

Rocaro trabalhava há 31 anos na área jornalística, a imprensa perdeu um grande profissional, mas a luta continua e a espera é por justiça.

Diretoria da FETEMS

Comentários