05/11/2013 14h43 – Atualizado em 05/11/2013 14h43

Caminhão com placas de Chapadão do Sul envolve em acidente no MT e motorista morre

O caminhoneiro Antônio Mourao da Silva Filho, 55 anos, será trasladado, hoje, para Vilhena (RO) onde residia. Ele faleceu ontem à tarde, na BR-163, entre Lucas do Rio Verde e Nova Mutum, em acidente com carreta bitrem e caminhão baú

Da Redação

O caminhoneiro Antônio Mourao da Silva Filho, 55 anos, será trasladado, hoje, para Vilhena (RO) onde residia. Ele faleceu ontem à tarde, na BR-163, entre Lucas do Rio Verde e Nova Mutum, em acidente com carreta bitrem e caminhão baú. Antônio trabalhava para uma empresa de transportes, de acordo com a funerária em Lucas. O corpo está no IML em Sorriso onde será feita necropsia.

A perícia vai apontar as causas do acidente. Antonio conduziu um bitrem, placas de Chapadão do Sul (MS), carregado com grãos, que se envolveu em uma colisão com um caminhão baú, placas de Sinop. O corpo ficou preso às ferragens. A colisão foi a cerca de 20 quilômetros de Lucas do Rio Verde sentido Mutum.

O motorista do caminhão baú, que estava carregado com sementes, é morador de Sorriso e saiu ileso. Ele teria conseguido realizar uma manobra e evitar um choque frontal entre os dois veículos. Com isso, o bitrem, que estava carregado com farelo de soja, colidiu com o baú do caminhão. O bitrem seguia sentido Lucas-Mutum e, o caminhão, no sentido contrário.

As cargas ficaram espalhada sna pista e o tráfego ficou totalmente interditado por algumas horas.. Alguns veículos estavam utilizando uma via lateral à rodovia federal, por dentro de fazendas. No entanto, como choveu, alguns veículos ficaram atolados.

Bombeiros trabalharam para retirar as diversas toneladas de grãos e limpar a pista até o início da noite. Policiais rodoviários federais controlaram o trânsito e houve longo congestionamento.

(*)Com informações de O Correio News

Antonio conduziu um bitrem, placas de Chapadão do Sul (MS), carregado com grãos, que se envolveu em uma colisão com um caminhão baú, o corpo ficou preso às ferragens (Foto: O Correio News)

Comentários